A agência espacial norte-americana (Nasa) confirmou na tarde desta quarta-feira (5) que o espelho secundário do telescópio espacial James Webb (JWST) está em posição. O tripé que o sustenta foi armado às 13h28 (horário de Brasília), após um procedimento que durou quase duas horas.

Quando a luz do universo distante atingir os icônicos 18 painéis que compõem o espelho primário do telescópio (que ainda não foi montado), ela será refletida e atingirá um espelho secundário muito menor (com 74 cm de diâmetro), que a direcionará para os instrumentos do observatório.

publicidade

Leia mais:

O espelho secundário é apoiado por três suportes leves, cada um com mais de 7 metros de comprimento, projetados para resistir ao ambiente espacial. Sistemas de aquecimento especializados foram usados para aquecer as juntas e motores necessários para uma operação contínua.

Sequência de comissionamento do Telescópio Espacial James Webb. Imagem: Nasa

“O tripé mais sofisticado do mundo foi montado”, disse Lee Feinberg, gerente responsável pelos elementos ópticos do telescópio no Centro Espacial Goddard. “O espelho secundário do Webb teve que ser armado em microgravidade e em temperaturas extremamente baixas e, em última análise, teve que funcionar pela primeira vez sem erros. Ele também teve que se desdobrar, posicionar e travar no lugar com uma tolerância de cerca de um milímetro e meio, e deve permanecer extremamente estável enquanto o telescópio aponta para diferentes lugares no céu – e isso é tudo para um espelho secundário com uma estrutura de suporte com mais de 7 metros de comprimento”.

Lançado no dia 25 de dezembro, o telescópio espacial James Webb está passando por um longo processo de montagem e testes, conhecido como “comissionamento”. Se tudo ocorrer como esperado, a expectativa é que as observações científicas só se iniciem em junho, seis meses após o lançamento.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!