No site de financiamento coletivo Indiegogo, uma campanha foi criada para um kit de carregamento solar para carros elétricos que traz um painel para ser montado no teto. A ideia da EV Solar Kits é ser uma alternativa para as estações de carregamento consideradas dispersas demais.

Além do módulo que vai fixo na parte de cima dos veículos fornecendo 200 watts, há um painel flexível empilhável desenvolvido em oito seções que oferecem mais 200 watts cada. Segundo a empresa, as células podem ser ajustadas para caber no porta-malas de um Tesla Model 3.

publicidade

Leia mais:

O kit de carregamento solar também traz um inversor e uma pequena bateria, uma tomada de 220 volts, duas tomadas de 110 volts e dois slots USB. De alcance, a EV Solar Kit afirma que é possível obter até 120 km por dia. Confira o teaser da empresa postado no YouTube:

Até 2 mil watts de energia solar

Segundo é informado no site, o kit está em fase de engenharia, mas é possível entrar na lista de e-mail da empresa para se manter atualizado com os últimos desenvolvimentos da tecnologia. Conforme anunciado pela EV Solar Kits, somando o painel solar para o teto do carro e o painel flexível, o total alcançado em energia é de 2 mil watts.

Alguns engenheiros automotivos acreditam que a energia solar fotovoltaica pode ser a solução final e melhor para a ansiedade de alcance nos carros totalmente elétricos. Startups como a Fisker, além de marcas como Hyundai, Tesla e Toyota, já vêm desenvolvendo tecnologias semelhantes, integrando células solares em tetos e janelas de carros e considerando outras partes da carroceria, como portas, capôs, tampas traseiras e porta-malas.

Um dos pontos destacados pela EV Solar Kits para seu produto é a dificuldade para encontrar estações de carregamento. E pode ter certa razão. Porém, essa infraestrutura tende a ser turbinada rapidamente. Para termos uma ideia da condição atual, a Tesla opera mais de 30 mil estações Supercharger em todo o mundo. Sem contar que a montadora promete até 322 km de carregamento por 15 minutos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!