As primeiras doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegaram ao Brasil nesta quinta-feira (13) e os estados já preparam o cronograma de imunização do grupo. Na cidade de São Paulo, a expectativa é que os pequenos possam receber a vacina já na próxima segunda-feira (17).

O prefeito Ricardo Nunes disse que a vacinação vai seguir a recomendação do Ministério da Saúde e vai ser feita de forma decrescente pela idade. Com isso, o primeiro grupo a receber são as mais de 168 mil crianças com 11 anos na capital paulista. A prefeitura ainda disse que não sabe a quantidade de doses que vai receber neste primeiro lote, mas que acredita ser suficiente para vacinar toda a faixa etária com a primeira dose. 

publicidade

Vacinação de crianças em São Paulo

“Se nós recebermos as vacinas, nós estaremos distribuindo no sábado e aí teremos início da vacinação das crianças na segunda-feira. Iniciaremos [vacinação] com as crianças de 11 anos”, disse Nunes. A prefeitura também decidiu não seguir a recomendação do governo do estado, de priorizar crianças com comorbidades.

Leia mais:

Apesar da bula do imunizante informar que o intervalo entre doses deve ser de 21 dias, a primeira e a segunda dose serão aplicadas nas crianças com um intervalo de oito semanas. Estima-se que, no total Brasil receba mais de 20 milhões de doses pediátricas da vacina da Pfizer, que é a única aprovada para o público infantil aqui no Brasil.

O número, porém, não é suficiente para imunizar todas as crianças nesta faixa etária com as duas doses, já que de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o Brasil tem cerca de 20,5 milhões de crianças com 5 a 11 anos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!