De acordo com o site Ford Authority, a montadora norte-americana Ford patenteou um “modo pet” para uso em seus futuros veículos. A novidade é um conjunto de ajustes projetados para tornar o passeio de nossos amigos de quatro patas mais confortável, mesmo se o dono estiver longe do veículo.

De acordo com imagens no documento de patente, o modo será totalmente personalizável e ativado através de um botão especial (na forma de uma pata de cachorro) no controle remoto do veículo. Com um toque, será possível definir a temperatura da cabine, abaixar ligeiramente as janelas, travar as portas, abaixar assentos e até mesmo ativar um perfil de áudio tocando algo para acalmar seu bichinho.

publicidade
Patente do “Pet Mode” concedida à Ford. Imagem: Reprodução

A patente foi solicitada em 25 de outubro de 2018, mas só foi concedida pelo escritório de patentes dos EUA na última terça-feira (15). A patente não indica em quais carros da Ford o “modo pet” estará disponível, nem quando.

Tesla já tem o “Dog Mode”

Em 2019 a rival Tesla lançou o “Dog Mode”, um sistema similar, porém mais limitado. Ele é uma extensão do “Cabin Overheat Protection”, modo que resfria automaticamente a cabine para manter “bebês ou animais de estimação” seguros se a temperatura começar a subir demais.

Além de ajustar a temperatura, o sistema da Tesla mostra na tela central do carro a mensagem “Meu dono voltará em breve”, para tranquilizar estranhos que possam se preocupar com a saúde de animais presos em um carro trancado.

Carro Tesla com o "Dog Mode" ativado
Veículos da Tesla tem um “Dog Mode” desde 2019. Imagem: Flystock/Shutterstock

Entretanto, logo após o lançamento o sistema da Tesla deu um susto em um usuário. Em agosto de 2019 Rahul Sood relatou que ativou o Dog Mode e deixou seu Boxer de sete meses em seu Tesla Model X. Ele checou o app da Tesla para verificar se estava tudo bem e descobriu que o recurso estava desligado e que a temperatura no interior do veículo era de aproximadamente 29°C.

Sood disse ao portal The Verge que o problema ocorreu porque, após ativar o recurso, ele tentou abaixar ainda mais a temperatura manualmente. “Basicamente o ar condicionado para de funcionar no Dog Mode se você ajustar a temperatura”, explicou o dono.

O CEO da Tesla, Elon Musk, reagiu rapidamente, anunciando em um tuíte que sua equipe “já estava consertando” o problema.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!