O CEO da SpaceX, Elon Musk, postou em seu perfil no Twitter um apelo para que os ucranianos tomem cuidado ao acessar o sistema de internet Starlink, pois eles podem se tornar alvos para ataques militares russos durante a guerra.

Os terminais da Starlink prometidos por Musk no final de fevereiro, mas só começaram a chegar na Ucrânia essa semana. Elon Musk se comprometeu com o governo de Volodimir Zelensky após um apelo de Mykhailo Fedorov, vice-primeiro-ministro e também ministro da transformação digital da Ucrânia.

No tweet acima, Elon Musk lembrou que a Starlink é o único sistema de comunicação funcionando em partes da Ucrânia, e que assim, a “probabilidade de ser usado como alvo é alta.” Ele completou pedindo aos ucranianos para “usarem com cautela” o serviço da Starlink.

Musk também fez algumas recomendações para o uso dos terminais Starlink pelos ucranianos durante a guerra em andamento. Em primeiro lugar, ele sugere que o Starlink seja ligado apenas quando for preciso, e que a antena seja colocada o mais longe das pessoas que for possível.

publicidade

Além disso, ele recomendou o uso de uma camuflagem leve sobre a antena, para evitar detecção visual, como uma tinta spray que não tenha partículas de metal em sua composição.

Elon Musk também prometeu uma atualização de software do Starlink para reduzir o consumo de energia, e assim, tornar possível usar os terminais conectados ao isqueiro do carro, o que por motivos óbvios, deve ser evitado com esse novo alerta.

Alerta para Musk também foi feito pelo Twitter

O CEO da Tesla e SpaceX foi alertado no Twitter por John Scott-Railton, que citou que como a Putin controla o espaço aéreo da Ucrânia, as transmissões uplink feitas pelos terminais podem ser alvos para ataques aéreos.

Além disso, em outro tweet, ele lembrou que a Rússia tem décadas de experiência em atingir alvos através de suas comunicações de satélite. Com exemplo, ele citou o caso do presidente da Chechênia Djokhar Dudaiev, morto em 1996 com dois mísseis após ter seu telefone via satélite descoberto. Seu sinal foi interceptado quando ele conversava com um membro do parlamento russo.

Elon Musk muda prioridade da SpaceX por causa da guerra

Após a invasão da Ucrânia, a SpaceX tem se mostrado preocupada em garantir a segurança de seus satélites e seus serviços. Nessa semana, a empresa anunciou algumas propostas para garantir a sustentabilidade e a segurança dos satélites Starlink.

Além disso, hoje (5), Elon Musk postou algo bombástico, que vai mudar a prioridade da SpaceX para cibersegurança e para superar bloqueios de sinal, e isso pode causar pequenos atrasos no Starship e na próxima versão do Starlink, o Starlink V2.

Em outro tweet, Musk disse que alguns governos (Ucrânia não incluída) pediram que ele bloqueasse canais de informação russos, mas que só iria fazer isso se fosse obrigado “à mão armada”. “Peço desculpas por ser um absolutista pelo discurso livre”, completou.

Leia mais:

Fonte: Gizchina

Imagem: Aleksandr Kukharskiy (Shutterstock)

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!