Você não precisa ser gamer para ter um dos melhores headsets do mercado, basta gostar de ouvir música ou participar de reuniões online para sentir a diferença que um fone over-ear traz para a qualidade do som. Alguns dos modelos de headset contam com microfones removíveis, o que facilita no dia a dia.

Sim, existem muitos modelos disponíveis no mercado. Para ajudar na sua escolha, o Olhar Digital selecionou os principais para você conseguir escolher aquele que mais te agrada e cabe no teu bolso. Confira!

publicidade

Quais são os melhores headsets gamers do mercado?

Quem passa muitas horas jogando, precisa considerar o conforto do fone, desempenho do áudio e clareza do microfone. Veja abaixo uma seleção de diferentes marcas, modelos e preços.

HyperX Cloud Stinger

Headset Gamer HyperX Cloud Stinger
HyperX Cloud Stinger. Imagem: HyperX / Divulgação

O HyperX Cloud Stinger é um headset gamer de entrada. Ele pesa apenas 275g e oferece uma série de componentes para promover o melhor encaixe nas orelhas, como as conchas (ear-cups) que giram em um ângulo de 90 graus e espuma memory foam exclusiva que traz conforto e ajuda a vedar o som externo. Ainda em termos de estrutura, você terá uma tira (headband) ajustável em aço que proporciona durabilidade e estabilidade.

Já em relação ao áudio, você terá drivers direcionais de 50mm que posicionam o som diretamente nos seus ouvidos, garantindo a qualidade do som. O microfone possui controle para mudo automático ao ser posicionado na vertical (flip-to-mute) e cancelamento de ruído para reduzir o barulho de fundo e deixar sua voz mais nítida.

Este modelo é específico para PC e funciona com múltiplos sistemas operacionais.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 30 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 18–23.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 50–18.000Hz
  • Sensibilidade do microfone: -40 dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm (4 polos)
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado
  • Cabo de extensão para PC: dupla 3,5 mm

HyperX Cloud Stinger Wireless

Headset Gamer HyperX Cloud Stinger Wireless
HyperX Cloud Stinger Wireless. Imagem: HyperX / Divulgação

HyperX Cloud Stinger Wireless é muito parecido ao Cloud Stinger para PC. Ele apresenta os mesmos drivers, espumas, giro das conchas em 90 graus e silenciamento automático do microfone (que também tem cancelamento de ruído).

Porém, esta versão sem fios utiliza uma conexão sólida de 2,4GHz com alcance de até 12 metros. Você só precisa conectar o pequeno adaptador a uma porta USB e você está pronto para usá-lo por até 17 horas com apenas uma única carga.

Os controles de volume ficam localizados direto no headset e o equipamento é compatível com várias plataformas de PC. Possui reprodução aprimorada com agudos nítidos, médios claros e graves vibrantes.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–7.000Hz
  • Sensibilidade do microfone: -47dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone
  • Tipo de conexão: sem fio
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

HyperX Cloud Flight S

Headset Gamer Headset Gamer HyperX Cloud Flight S
HyperX Cloud Flight S. Imagem: HyperX / Divulgação

Quem busca algo prático na hora do carregamento vai curtir o HyperX Cloud Flight S, já que ele é o primeiro headset gamer wireless com tecnologia Qi. Este gadget proporciona até 30 horas de uso com conectividade sem fio de 2,4GHz e alcance de até 20 metros.

Os controles integrados permitem que você altere facilmente o volume entre o jogo e chat. E não só isso, você consegue personalizar os controles do fone com o software HyperX Ngenuity para usar os botões de acordo com sua preferência.

Além disso, este fone promete uma experiência imersiva com o som surround 7.1 sintonizado para priorizar os elementos de áudio mais importantes para os gamers.

Em termos de estrutura, o Cloud Flight S contém os mesmos elementos dos produtos anteriores: espuma memory foam, headband ajustável em aço, conchas giratórias em 90 graus e drivers de 50mm.

A diferença neste quesito fica no material sintético respirável presente nas almofadas (earpads). Já seu microfone é flexível e removível, tem supressão de ruídos e inclui indicador em LED para quando estiver no mudo.

Ele apresenta compatibilidade com PC, PS4 e PS4 Pro.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 10–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 50–18.000Hz
  • Sensibilidade do microfone: -40,5dBV (1V/Pa a 1kHz)
  • Microfone bidirecional
  • Tipo de conexão: sem fio
  • Tipo de áudio: som surround 7.1
  • Controle de áudio: integrado

HyperX Cloud Alpha S

Headset Gamer HyperX Cloud Alpha S
HyperX Cloud Alpha S. Imagem: HyperX / Divulgação

O HyperX Cloud Alpha S é outro modelo que conta com som surround 7.1 virtual Hyper X1. Para ativá-lo, basta acionar o mixer, que oferece também botões para ajustar o volume do áudio do jogo e do chat.

Além disso, o software Ngenuity detecta automaticamente os jogos compatíveis e seleciona o perfil de som surround otimizado para melhorar sua experiência.

Diferente dos modelos anteriores, este headset conta com um sistema de driver com câmara dupla. Isso faz com que o som seja mais claro e tenha menos distorções. Além disso, você tem um botão no próprio fone com três níveis para ajustar os graves a seu modo.

Assim como o Cloud Flight S, você terá conforto com almofadas acolchoadas com material sintético ventilado. Já a headband ajustável em alumínio traz resistência ao modelo.

Em termos de personalizações, você consegue apagar todas as luzes do headset no modo dark.

O headset é compatível com PC e PS4.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 65 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 13–27.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 50–18.000Hz
  • Sensibilidade do microfone: -38dBV (0dB=1V/Pa a 1kHz)
  • Microfone bidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm (4 polos)
  • Tipo de áudio: som surround 7.1
  • Controle de áudio: mixer

HyperX Cloud Revolver

Headset Gamer HyperX Cloud Revolver
HyperX Cloud Revolver. Imagem: HyperX / Divulgação

A linha HyperX Cloud Revolver conta com drivers que separam graves, médios e agudos para reproduzir sons com qualidade de estúdio. Se você quiser uma sensação de imersão ainda maior na partida, poderá escolher o modelo com som surround 7.1.

Ambos os headsets são produzidos com headband em aço, espuma memory foam, microfone com cancelamento de ruído e caixa de controle de áudio.

A família Revolver é compatível com PC e PS4.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 30 Ω (modelo estéreo) e 32 Ω (modelo 7.1)
  • Resposta de frequência dos fones: 12–28.000 Hz (modelo estéreo) e 10–23.200 Hz (modelo 7.1)
  • Resposta de frequência do microfone: 50–18.000Hz (modelo estéreo) e 50–7.700Hz (modelo 7.1)
  • Sensibilidade do microfone: -40dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm (4 polos)
  • Tipo de áudio: estéreo ou com som surround 7.1, de acordo com o modelo
  • Controle de áudio: mixer

JBL Quantum 100

Headset gamer JBL Quantum 100
JBL Quantum 100. Imagem: JBL / Divulgação

O headset JBL Quantum 100 é o equipamento de entrada da marca nos modelos over-ear. Ele conta com haste leve e almofadas com espuma de memória para proporcionar horas de jogo sem cansaço.  

Em termos do som, você vai encontrar fones com drivers de 40mm e conchas que viram a 90 graus. Além disso, você também terá microfone direcional removível no modelo flip-up equipado com recurso de silenciamento.

Já sobre software, o equipamento vem com JBL QuantumENGINE, que oferece o recurso JBL QuantumSOUND Signature. Esse recurso propõe tornar o ambiente sonoro mais realista, de pequenos passos até a explosão mais alta.

O JBL Quantum 100 é compatível com PC, PlayStation, Xbox, Nintendo Switch, dispositivos móveis, Mac e realidade virtual.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -42dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

JBL Quantum 600 Wireless

Headset gamer JBL Quantum 600
JBL Quantum 600. Imagem: JBL / Divulgação

No outro espectro dos modelos gamers da JBL, está o Quantum 600. Ele não é o mais caro da marca, mas já é um dos mais completos – acima dele só existem o 800 e o One.

O diferencial deste headset é a conexão Wi-Fi 2.4 GHz com bateria de 1000 mAh que rende até 14h de uso (com as luzes RGB desligadas). Infelizmente, a conexão sem fio está disponível apenas para PC e PlayStation. Nos outros dispositivos (Xbox, Nintendo Switch, dispositivos móveis, Mac e realidade virtual), você terá que jogar conectado com um plug 3,5mm.

Segundo a fabricante, este fone não tem delay no áudio. Ou seja, olhe que tranquilidade para você jogar aquela partida de CS:GO ou PUBG e não ser surpreendido por um adversário.

É um fone com haste leve, espuma de memória revestida em couro, drivers de 50mm e conchas que giram a 90 graus. E mais: as almofadas são removíveis para facilitar limpeza.

O microfone é no modelo flip-up e possui recurso de ligar e desligar automaticamente, além de diversas opções de silenciamento. Você consegue ajustar facilmente os níveis de áudio do jogo e do bate-papo para ter uma comunicação clara com outros jogadores.

Assim como o modelo de fim 100, este headset também vem equipado com o software JBL QuantumENGINE e o recurso JBL QuantumSOUND Signature, que promete um áudio mais realista. Além disso, ele oferece duas tecnologias para simular áudio multicanal: JBL QuantumSURROUND e DTS: X (versão 2.0) – ambas disponíveis somente para PC.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -40dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm ou Wi-Fi
  • Tipo de áudio: estéreo ou surround (apenas para PC; o manual não informa quantos canais)
  • Controle de áudio: integrado

Logitech G332

Headset Logitech G332
Logitech G332. Imagem: Logitech / Divulgação

Este headset é focado no conforto, na qualidade e na funcionalidade. Vamos começar pela estrutura, feita com almofadas macias cobertas por material sintético e com ajuste nas conchas de até 90 graus.

Em termos da qualidade de som, você vai contar com drivers de 50mm nas conchas e um microfone com a tecnologia flip-to-mute, que emudece quando posicionado verticalmente.

Agora, no quesito funcionalidade, você tem um botão de ajuste de volume no próprio fone. Além disso, por ser equipado com um plugue de 3,5mm, ele funciona em PC, Mac, consoles e celulares.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 39 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–20.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: o manual não informa
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

Logitech G433

Headset Logitech G433
Logitech G433. Imagem: Logitech / Divulgação

A Logitech possui uma extensa família de headsets gamer. Aqui, listaremos alguns dos mais desejados.

Vamos começar pelo G433, um fone que promete ter um bom desempenho de áudio, graças aos drivers Pro-G de 40mm da marca e à própria construção da ear cup. Cada concha conta com uma malha híbrida para reduzir distorções e uma porta acústica atrás do driver para fornecer um som ainda mais dinâmico e espacial.

Ainda sobre o desempenho sonoro, temos que destacar o som surround 7.1 oferecido com a tecnologia DTS: X (versão 2.0). Porém, para usá-la você precisa conectar o aparelho com o PC usando o conversor de áudio digital (DAC) USB e o programa Logitech G Hub.

No quesito microfone, este headset conta com cancelamento de ruído e filtro de som.

Para embalar esses componentes, a Logitech optou por investir um design leve e durável. Por isso, o G433 oferece é composto de policarbonato injetado com fibra de vidro leve, aço inoxidável e nylon TR-90. Os fones são acolchoados em tecido esportivo e você poderá trocá-los por almofadas em microfibra que estão inclusas como bônus.

Em termos de facilidade, vale destacar que o headset é fornecido com dois cabos de áudio separados e funciona com PC, PS4, Xbox One, Nintendo Switch, smartphones e tablets.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -40dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm ou USB (para PC)
  • Tipo de áudio: estéreo (via plugue) ou surround 7.1 (via USB)
  • Controle de áudio: integrado

Logitech G533

Headset Logitech G533
Logitech G533. Imagem: Logitech / Divulgação

Assim como o modelo G433, o headset sem fios G533 vem equipado com drivers Pro-G de 40mm, conchas com material híbrido e tecnologia DTS:X (versão 2.0), que fornece o som surround 7.1 configurado com o programa Logitech G HUB.

A diferença é que este modelo tem conexão Wi-Fi de 2,4 GHz com alcance de até 15m sem perdas e uma bateria que pode durar até 15 horas.

Na estrutura do fone, você tem na ponta dos dedos um botão de rolagem do volume e outro para colocar o microfone no mudo. Falando nele, o mic conta com cancelamento de ruído e sidetone configurável – um recurso eficiente para ajustar o volume da sua própria voz.

Este headset é compatível com PC e Mac.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–20.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: o manual não informa
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: Wi-Fi
  • Tipo de áudio: surround 7.1
  • Controle de áudio: integrado

Logitech G935

Headset Logitech G935
Logitech G935. Imagem: Logitech / Divulgação

Assim como o modelo G533, o G935 vem equipado com conchas de material híbrido e drivers Pro-G, porém com tamanho maior de 50mm. Ele também conta com tecnologia DTS:X (versão 2.0), que fornece o som surround 7.1 configurado com o programa Logitech G HUB.

O headset G935 tem duas opções de uso: plugue 3,5mm e conexão Wi-Fi de 2,4 GHz. No modo sem fio, ele tem alcance de até 15m no interior e até 20m no exterior. Já sua bateria dura até 12h sem a iluminação ou até 8h com a iluminação ativa.

Na estrutura do fone, você tem na ponta dos dedos os seguintes botões: rolagem de volume, silenciar mic, ligar e desligar e mais três botões personalizáveis. No programa da marca, você consegue alterar as funções dos botões G e também as cores e efeitos das luzes.

O mic é um charme à parte. Ele tem um indicador LED para avisar quando estiver sem áudio e tem a tecnologia flip-to-mute. Além disso, você pode dobrar a haste para trás ficando praticamente invisível no headset.

O headset G935 pode ser usado sem fio com PC e Mac – porém é necessário ter uma entrada USB 2.0. O equipamento também é compatível com qualquer dispositivo com uma entrada de áudio de 3,5 mm.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 39 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: o manual não informa
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: Wi-Fi
  • Tipo de áudio: surround 7.1
  • Controle de áudio: integrado

Logitech G Pro

Headset Logitech G Pro
Logitech G Pro. Imagem: Logitech / Divulgação

O headtset G Pro foi idealizado a partir de uma colaboração da Logitech com jogadores profissionais. Talvez por isso não seja surpreendente que ele esteja equipado com uma placa de som USB externa (DAC), que oferece processamento de sinal digital.

Em termos de estrutura, o headset busca oferecer conforto e cancelamento de ruído passivo. A concha é construída com malha híbrida, a armação em alumínio e a headband em aço. Já as almofadas e a headband são feitas com espuma viscoelástica e material sintético.

O microfone foi projetado para oferecer um som mais claro, com menor relação de sinal-ruído, maior sensibilidade e tela de vento para bloquear barulhos indesejáveis. Como ele é removível, você pode guardá-lo ou substituí-lo por um microfone de estúdio (que deverá ser comprado à parte).

Os controles de volume e de mutar mic ficam integrados ao cabo, que tem um comprimento de 2 metros.

Já em relação a personalizações, você tem acesso aos perfis de equalização dos principais jogadores profissionais ou pode criar as suas próprias especificações por meio do programa G Hub.

Para usar este headset é necessário que o PC tenha entrada USB.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 35 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: o manual não informa
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: USB
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado no cabo

Razer Tiamat 7.1 v2

Headset Razer Tiamat 7.1 v2
Razer Tiamat 7.1 v2. Imagem: Razer / Divulgação

O Razer Tiamat 7.1 V2 é um headset que impressiona tanto no que oferece, quanto no que aparenta. Ele tem 5 drivers de neodímio em cada concha com diferentes tamanhos:

  • Subwoofer de 40mm com diafragma revestido em titânio
  • Frente e centro de 30mm
  • Atrás e lateral de 20mm

Ou seja, este headset foi projetado com um sistema surround 7.1 para trazer precisão nas partidas.  

Como disse, a aparência deste headset é um espetáculo à parte. As conchas giram em até 90 graus e têm capas removíveis que revelam o interior com uma iluminação personalizável. No total, são 16,8 milhões de opções de cores para você escolher. Na parte interna, as almofadas são revestidas em couro.

Já a charmosa unidade de controle de áudio, que também pode ter sua luz customizada, permite controlar o volume de cada canal de áudio, alternar entre som estéreo e surround e escutar o som em outro dispositivo externo.

Segundo a fabricante, a construção do Razer Tiamat 7.1 V2 foi feita para garantir uma distribuição de peso equilibrada, uma força de aperto reduzida, conforto e isolamento acústico.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: Subwoofer: 16 Ω | Frente, atrás, centro e lateral: 32 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -38dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: USB para alimentação, 1x entrada de microfone e 4x entradas de áudio com plugue de 3,5mm
  • Tipo de áudio: estéreo ou surround 7.1
  • Controle de áudio: mixer

Razer Headset Kraken X Lite Multi Platform

Headset Razer Kraken X Lite
Razer Kraken X Lite. Imagem: Razer / Reprodução

O Kraken X Lite é o headset de entrada da Razer. A marca se propôs a oferecer um equipamento leve (com apenas 250g) e ao mesmo tempo imersivo, com som surround 7.1 disponível no Windows 10 de 64 bits.

Nas conchas, você vai encontrar drivers de 40mm com afinação personalizada e almofadas auriculares de espuma viscoelástica com canais internos para óculos. Já a tiara é produzida com estofamento suave e força de aperto ajustada.

Por fim, o microfone é dobrável e flexível. Assim como quase todos os modelos da lista, ele é unidirecional cardioide, garantindo a clareza na comunicação.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω 
  • Resposta de frequência dos fones: 12–28.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -45dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm
  • Tipo de áudio: estéreo ou surround 7.1 (no Windows 10 de 64 bits)
  • Controle de áudio: integrado

Astro A40 TR

Headset Astro A40 TR
Astro A40 TR. Imagem: Astro / Divulgação

O Astro A40 TR é um headset desenvolvido com atletas de eSports para entregar fidelidade de áudio, conforto e durabilidade.

Originalmente, ele chega como um headset open-back. Porém, para ambientes barulhentos, você pode ‘upar’ ele para um headset closed-back com um Mod Kit vendido separadamente. No Mod Kit vem tags magnéticas seladas, almofadas em material sintético e microfone com isolamento de voz. Ainda sobre as tags, vale dizer que você pode comprar edições especiais individualmente ou criar as suas próprias online.

Sobre a estrutura, a Astro idealizou este headset para ser resistente sem abrir mão do conforto. As almofadas são em tecido e o encaixe foi feito para não apertar ou esquentar sua cabeça.

Já o microfone, por sua vez, é removível e intercambiável, além de poder ser posicionado nos dois lados do headset.

No quesito qualidade de som, o software ASTRO Audio V2 promete oferecer uma amplitude de frequências de forma a reproduzir agudos que não cansam, médios claros e graves sem distorção.

O A40 TR é compatível com praticamente qualquer dispositivo com entrada de 3,5mm, incluindo PCs, consoles, celulares e tablets.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 48 Ω 
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: não informa no manual
  • Sensibilidade do microfone: não informa no manual
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

Fortrek Pro H2

Headset Fortrek Pro H2
Fortrek Pro H2. Imagem: Fortrek / Divulgação

O Fortrek Pro H2 é um dos mais acessíveis desta lista. Ele oferece alças flexíveis e fones acolchoados com iluminação lateral em LED azul.

Nos fones, você tem drivers de 40mm. Especificamente na concha esquerda fica um controlador de volume embutido.

Em termos de microfone, você terá acesso a um equipamento com cancelamento de ruídos para manter a qualidade do áudio.

Por fim, o cabo possui 2m de comprimento e é feito com material trançado para proporcionar maior durabilidade.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω 
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: não informa no manual
  • Sensibilidade do microfone: -32dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone omni-direcional
  • Tipo de conexão: 2x plugue de 3,5mm e 1x USB
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

Corsair HS50

Headset Corsair HS50
Corsair HS50. Imagem: Corsair / Divulgação

O headset Corsair HS50 contém drivers de 50mm com ajuste personalizado e compatibilidade com o som surround Windows Sonic, que proporciona um áudio imersivo de 360°.

O microfone, por sua vez, é unidirecional e com cancelamento de ruídos para que você seja ouvido claramente. Além disso, ele é removível. Ou seja, você pode usar o headset como um fone de ouvidos.

Em termos de estrutura, você vai encontrar almofadas em viscoelástico, encaixe em alumínio e controles de volume e silenciador integrados na concha.

Por ser um conector de 3,5mm, este equipamento é compatível com computadores, consoles, smartphones e outros dispositivos móveis.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω 
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -40dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone unidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

Havit HV-H2002D

Headset Havit HV-H2002D
Havit HV-H2002D. Imagem: Havit / Divulgação

O headset Havit H2002D conta com drivers de 53mm para proporcionar um som de alta qualidade. Já o microfone é removível e possui um plugue de 3,5mm.

Em relação à estrutura, você terá um fone com acabamento fosco em plástico e tira ajustável. Segundo a fabricante, ele é à prova de desgaste e resistente a arranhões.

Este headset é compatível com consoles, computadores e dispositivos móveis com entrada 3,5mm.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 64 Ω 
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: não informa no manual
  • Sensibilidade do microfone: não informa no manual
  • Microfone
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

Steelseries Arctis Pro

Headset Steelseries Arctis Pro
Steelseries Arctis Pro. Imagem: Steelseries / Divulgação

Os drivers de 40mm do Steelseries Arctis Pro entregam um áudio de alta resolução até 40 mil Hz, quase o dobro do que vimos em outros equipamentos desta lista. Além disso, este headset vai equipado a tecnologia DTS:X (versão 2), que promove um áudio surround imersivo.

Já o microfone bidirecional ClearCast é um capítulo à parte. Ele promete entregar voz com qualidade de estúdio e cancelamento de ruído.

Na estrutura, você vai encontrar um headset robusto, feito em liga de alumínio e aço, que também preza pelo conforto. As almofadas são feitas em airweave e as tiras em tecido premium.

Especificamente nas conchas, você encontra iluminação RGB personalizável com 16,8 milhões de cores e botões de controle de volume e silenciamento do mic.

O headset também tem um controlador com um disco, chamado de ChaxMix Dial, no cabo para você alternar o volume do jogo e do chat.

O Steelseries Arctis Pro é compatível com PC, Mac, consoles e dispositivos móveis.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω 
  • Resposta de frequência dos fones: 10–40.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -38dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone bidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm para Xbox One e Nintendo Switch ou USB para PlayStation, PC ou Mac
  • Tipo de áudio: estéreo ou surround (apenas para Windows)
  • Controle de áudio: integrado

Evolut Têmis EG-301

Headset Evolut Têmis EG-301
Evolut Têmis EG-301. Imagem: Evolut / Divulgação

O Evolut Têmis EG-301 é um headset simples, porém que promete conforto e qualidade. Ele é equipado com drivers de 40mm, tiras autoajustáveis e espumas ultraconfortáveis, além de ter controle de volume na concha e luzes de LED na cor verde ou vermelha.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω 
  • Resposta de frequência dos fones: não informa no manual
  • Resposta de frequência do microfone: 20–20.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -54 qb
  • Microfone omni-direcional
  • Tipo de conexão: 2x plugue de 3,5mm e 1x USB para o LED
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

Redragon Lamia H320

Hedset Redragon Lamia H320
Redragon Lamia H320. Imagem: Redragon / Divulgação

O Redragon Lamia H320 vem equipado com drivers de 40mm e som surround 7.1 virtual para entregar uma excelente qualidade de áudio.

As almofadas são de espuma macia e a tira superior emborrachada. As conchas são produzidas com uma iluminação RGB chroma inteligente.

O headset é acompanhado por um suporte universal com detalhes na cor black piano.

Ele é compatível com PC com porta USB.

Outras características:

  • Tipo: circumaural (over-ear)
  • Impedância: 32 Ω 
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: não informa no manual
  • Sensibilidade do microfone: -40dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone omni-direcional
  • Tipo de conexão: USB 2.0
  • Tipo de áudio: surround 7.1
  • Controle de áudio: integrado

Leia também:

Quais os melhores headsets para trabalho?

Quando pensamos em headset para trabalho, temos que considerar como você vai usá-lo e durante quanto tempo. Se você vai usá-lo em um ambiente barulhento, é interessante que o modelo tenha cancelamento de ruído passivo e/ou ativo – sendo que o primeiro se consegue com a construção do headset e o segundo com tecnologia embutida.

Já sobre o tempo de uso, quanto mais você for ficar com ele, mais conforto ele tem que oferecer; almofadas macias, tira ajustável e conchas que giram são alguns exemplos.

Abaixo, indicamos um modelo útil para quem participa de reuniões ocasionais e precisa de clareza na voz.

Logitech H390

Headset Logitech H390
Logitech H390. Imagem: Logitech / Divulgação

O headset Logitech H390 é um equipamento ideal para o mundo empresarial. Primeiro, porque ele funciona em qualquer PC ou Mac com uma entrada USB-A e vem com o sistema plug-and-play, que permite ele funcionar sem nenhum programa.

Em segundo lugar, é versátil, pois tem um cabo de 190cm e um controle integrado no fio com ajuste de volume e opção de silenciar chamadas.

Em terceiro lugar, pensando no conforto, ele tem almofadas revestidas em material sintético e o microfone é ajustável em diversas posições. Ainda sobre o mic, ele tem redução de ruídos.

Por fim, segundo a fabricante, os drivers ajustados a laser produzem um áudio digital aprimorado para músicas, jogos e chamadas.

Outras características:

  • Tipo: supra-auricular
  • Impedância: 32 Ω
  • Resposta de frequência dos fones: 20–20.000 Hz
  • Resposta de frequência do microfone: 100–10.000 Hz
  • Sensibilidade do microfone: -17dBV (0dB=1V/Pa,1kHz)
  • Microfone bidirecional
  • Tipo de conexão: plugue de 3,5mm
  • Tipo de áudio: estéreo
  • Controle de áudio: integrado

Qual o melhor headset sem fio?

Além de conforto e qualidade de som, o melhor headset sem fio tem que oferecer boa duração e alcance. Por isso, veja qual é o alcance em ambientes internos e externos, a amperagem da bateria e a duração informada pela fabricante.

Nesta matéria, indicamos seis modelos:

Qual o melhor headset para gravar vídeos?

Melhores headsets para gravar vídeos
A melhor configuração para gravar vídeos não seria um headset, e sim fones e microfone separados. Imagem: Marciobnws / Shutterstock

A melhor configuração para gravar vídeos não seria um headset, e sim fones e microfone separados. Porém, se você não tem espaço ou dinheiro, o melhor headset para vídeos deve ter um bom microfone unidirecional cardioide, preferencialmente com cancelamento de ruído. Assim, você garante que o mic focará na sua voz e eliminará barulhos.

Nesta matéria, indicamos 7 modelos com mic rígido, unidirecional e com cancelamento de ruídos:

Quero chamar atenção para a estrutura flexível dos mics nos modelos Logitech G Pro e Corsair HS50. Pessoalmente, não gosto deste tipo de mic, porque ele vai ficando mole conforme você o manuseia.

Quais os melhores headsets para videoconferência?

Melhores headsets para trabalho
Um bom headset para conversas deve proporcionar áudio nítido e voz clara. Imagem: Prostock-studio / Shutterstock

Os melhores headsets para videoconferência são aqueles que oferecem bom volume de áudio e boa captação no microfone. Assim, opte por modelos com valores superiores de impedância e que ofereçam uma resposta de frequência entre 20 Hz e 20 kHz (que é o intervalo que os ouvidos humanos escutam). Já o microfone unidirecional cardioide vai trazer foco para sua voz e, se estiver em um ambiente muito barulhento, um modelo com cancelamento de ruído pode ser uma boa pedida.

Todos os modelos indicados no tópico anterior também servem para cá.

Qual o headset mais confortável?

Não olhe apenas para as almofadas macias! Sim, o headset mais confortável deverá ter boas almofadas; preferencialmente com uma tecnologia que suporte as várias vezes que você vai colocar e tirar o fone e sem deformar-se.

Porém, você deve olhar também para a tira (headband) e verificar se ela é ajustável, qual o material usado (é confortável ao toque, esquenta demais, pinica?) e a pressão que ela dá na cabeça. Se você usa óculos como eu, procure experimentar o modelo para ter certeza de que o headset não vai pressionar suas orelhas contra as hastes dos óculos causando desconforto.

Qual o headset com melhor custo-benefício?

Esta é uma pergunta bem difícil de responder, porque vai depender do que você está procurando e quanto está disposto a gastar. O que eu aconselho é saber o quanto você pode gastar e saber o uso que você vai fazer do headset. Assim, você vai pesquisando entre as marcas aqueles modelos que oferecem exatamente o que você procura.

Lembre-se que quanto mais recursos, mais caro o equipamento. Mas também você pode encontrar bons headsets de marcas menores com melhor desempenho do que modelos de marcas conhecidas – que acabam cobrando mais pelo nome.

Quais são as melhores marcas de headsets?

Esta é outra pergunta complicada. Isso porque às vezes comprar um headset e outros equipamentos de uma mesma marca vai te trazer a possibilidade de configurá-los por um único software – incluindo a personalização de cores entre todos eles.

Outra questão é o preço. Algumas marcas são excelentes, mas pra nós brasileiros fica mais no terreno do aspiracional.

Por fim, prefiro marcas que tenham atendimento bom e no Brasil. É normal equipamentos darem problema, mesmo com controle de qualidade. Daí, fica mais fácil trocar se tiver uma assistência técnica brasileira.

Conclusão

Você veio escolher um headset e acabou saindo com diversas dicas para você mesmo conseguir encontrar o melhor headset para seu caso específico. Agora, é com você!

Se você gostou deste conteúdo, vou deixar duas dicas para você: nosso guia com modelos de fones bluetooth e nosso tutorial para você aprender a streamar na Twitch.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!