A novata Solo Advanced Vehicle Technologies (AVT), fundada em 2021 e sediada no estado americano da Califórnia, revelou o design de seu elétrico caminhão SD1. Movido a bateria, o veículo é voltado para transporte rodoviário de longas distâncias (Classe 8), adaptado para condução autônoma.

Nesse sentido, o SD1 traz uma configuração sem banco de motorista, sem conjunto de medidores, para-brisa ou volante. De acordo com a Solo AVT, isso permite à empresa “alcançar níveis de eficiência e segurança diferentes de qualquer caminhão na estrada hoje”.

publicidade

Leia também:

Uma unidade do caminhão SD1 com sua configuração de radar ativada
Imagem: Divulgação/Solo AVT

Grande autonomia Solo

Ainda nessa questão de direção sem motorista humano, o SD1 apresenta iluminação externa para comunicação com pedestres e outros usuários da estrada e uma assinatura sonora exclusiva. Projetado para uma autonomia de mais de 800 km, o elétrico caminhão da Solo AVT possui uma atenção dedicada junto à sua aerodinâmica, focada em um baixo coeficiente de arrasto.

O SD1 é movido por eixos tandem (aqueles de rodas duplas, compostos por dois ou mais eixos seguidos) de várias velocidades, com motores elétricos integrados, que juntos oferecem uma potência total de pico de 600 kW (aproximadamente, 816 cv). Em termos de reboques, o caminhão promete ser compatível com os reboques padrão existentes e todas as docas de carregamento padrão – a Solo AVT promete que o veículo será capaz de transportar um peso equivalente aos caminhões da Classe 8 de hoje.

Também em termos de carregamento rápido, não há solução proprietária. A Solo AVT diz que o veículo será compatível com os carregadores rápidos existentes. Não há cronograma de quando o SD1 chega ao mercado, ou mesmo em fase de protótipo – talvez precisemos esperar alguns anos.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!