A Apple optou por adiar mais uma vez o retorno do home office para os escritórios. Segundo o comunicado da big tech, por enquanto será mantido um formato piloto de trabalho presencial apenas por dois dias da semana.

Vale ressaltar que o programa é opcional, ou seja, caso alguém se sinta desconfortável em atuar no escritório, a empresa de Cupertino indica que vai oferecer a opção de retorno ao trabalho 100% remoto.

publicidade
Fachada da Apple
Imagem: Drop of Light/Shutterstock

Segundo um memorando interno da Maçã, a decisão considerou os dados mais recentes colhidos pela sua equipe de combate ao Covid-19, cujas atualizações são baseadas no monitoramento da taxa de positividade de testes e de hospitalização.

De acordo com o The Verge, a Apple não entrou em detalhes mais específicos sobre o que motivou a mudança.

Leia mais:

Uso de máscara volta a ser obrigatório

Os funcionários da Apple também terão que voltar a usar máscara em áreas comuns, como salas de reunião, corredores e elevadores, por exemplo. Uma regra que, segundo o Bloomberg, também vale para os colaboradores que atuam nas cerca de 100 lojas físicas da empresa nos EUA.

“Estamos pedindo temporariamente aos membros da equipe que usem máscaras em espaços comuns, salas de reunião, corredores e elevadores – em geral, todas as áreas fora de seu espaço de trabalho pessoal”, diz o comunicado da empresa. “Faremos alterações em outros locais conforme necessário”. 

Por fim, vale recordar que o CEO Tim Cook anunciou a volta para o trabalho híbrido há quase um ano, desde então, por conta de diferentes picos de infecções por Covid, os planos estão sofrendo com atrasos.

Via: The Verge

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!