Tudo indica que a corrida espacial humana rumo à Lua não está totalmente garantida para os EUA. Enquanto a NASA realiza os mais diversos testes e ensaios com seu complexo veicular Space Launch System (SLS), assim como a SpaceX com sua Starship, a China vem atingindo significativos progressos na construção de seu próprio foguete lunar.

Grande exploradora da Lua em missões robóticas, a China está determinada a construir um foguete capaz de colocar taikonautas com os pés na superfície lunar ainda nesta década. Imagem: Alones – Shutterstock

De acordo com a agência de notícias Xinhua, os chineses realizaram com sucesso um procedimento conhecido como “teste a quente” em um novo motor que ajudará a alimentar um foguete de próxima geração capaz de lançar taikonautas para a Lua.

publicidade

“Os testes de ignição de longa distância e múltiplos do motor foram concluídos com sucesso, indicando que ele está pronto para entrar no próximo estágio de desenvolvimento de amostras de protótipos”, diz a agência.

Leia mais:

Segundo o site Space.com, a Corporação de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China (CASC) informou que o teste verificou as principais tecnologias, componentes e desempenho do motor, a confiabilidade do sistema de ignição e um sistema de diagnóstico de falhas em tempo real.

Conforme noticiado pelo Olhar Digital, a China anunciou, em janeiro, os planos de seu programa espacial para os próximos cinco anos, que incluíam tópicos que indicavam que a primeira decolagem de um novo veículo de lançamento da tripulação ocorreria antes do fim do período.

A primeira versão a ser testada será um foguete de dois estágios capaz de enviar uma cápsula tripulada de próxima geração para a estação espacial Tiangong. Com três estágios, a versão maior, que incluirá o novo motor, poderá enviar uma variante maior da cápsula tripulada para a Lua, potencialmente antes do fim desta década.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!