O TikTok fechou uma parceria com o Ticketmaster para facilitar a descoberta de eventos aos usuários e a compra de seus ingressos. Criadores de conteúdo, como os artistas musicais, comediantes e times esportivos, podem linkar eventos aos vídeos publicados no TikTok. Este novo recurso só está aberto para alguns criadores, porém, outros terão acesso mais para frente.

Leia mais:

publicidade

Alguns artistas famosos como Demi Lovato, Backstreet Boys, OneRepublic Usher e a conta da WWE – maior empresa de luta-livre do mundo -, já estão autorizados a usarem o novo recurso. Esses links dos eventos vão ficar visíveis do lado esquerdo da tela, na parte inferior, e os usuários podem acessá-los com um clique para comprar o ingresso.

O Ticketmaster afirma que a parceria com a rede social vai ajudar os planejadores dos eventos a divulgarem o acontecimento para mais pessoas e fãs em potencial, aumentando assim a margem de compradores.

De uma maneira similar, a plataforma do Snapchat também fechou uma parceria com o Ticketmaster Mini em fevereiro, com o mesmo propósito de divulgação de eventos aos usuários.

Ainda não foi noticiado se a novidade circula apenas, por enquanto, nos Estados Unidos.

Tiktok
Tiktok. Créditos: Ascannio/Shutterstock

TikTok desenvolve serviço de música, diz boato

O TikTok já ajudou milhares de usuários a descobrirem músicos da nova geração e gerações anteriores, mas parece que agora a plataforma quer fazer mais do que isso. De acordo com o site Insider, a dona do aplicativo, ByteDance, fez um pedido no US Patent and Trademark Office (Escritório de Patentes e Marcas registradas dos EUA) para que tivessem a marca “TikTok Music” registrada oficialmente.

Este novo serviço oferecerá aos usuários compras e compartilhamentos de músicas. Além disso, é claro, o usuário será capaz de ouvir músicas no app, baixá-las, ter acesso a álbuns, letras das músicas, áudio, vídeo, até mesmo editar e carregar fotos específicas para ficar como capa das listas de reprodução. Fora tudo isso, ainda será possível comentar as músicas e álbuns.

Para saber mais, acesse a reportagem do Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!