A empresa croata Rimac, especialista em supercarros elétricos, anunciou esta semana que quebrou o recorde mundial de velocidade de um veículo de produção movido a bateria. O responsável pela marca foi o Nevera, que vale US$ 2 milhões.

A montadora compartilhou um vídeo que mostra o veículo acelerando até 412 km/h em uma pista de testes na Alemanha enquanto sai de uma das curvas para uma reta.

Veja também:

Esse ritmo impressionante fica ligeiramente acima de um terço da velocidade do som (411,6 km/h). O carro foi guiado pelo piloto de testes da marca, Miro Zrnčević. 

publicidade
Rimac Nevera.
Rimac Nevera. Imagem: Rimac/Divulgação

Essa velocidade, no entanto, não poderá ser reproduzida pelos futuros donos do carro “em condições normais”, ressaltou a empresa.

“O Nevera é entregue aos clientes com uma velocidade máxima limitada de 352 km/h (219 mph), mas pode atingir 412 km/h (258 mph) em eventos especiais com o apoio da equipe Rimac e sob condições controladas”.

Os pneus do veículo, por exemplo, sofrem estresse extremo rodando nessa velocidade, acrescentou a montadora. Até as rodas do carro precisam de ajustes especiais, reforçando que o feito é para poucos.

Mais de 1.900 cavalos

O Nevera possui quatro motores elétricos (um acionando cada roda do carro). Essa configuração poderosa gera nada menos que 1.914 cavalos de força, o suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 2 segundos (1,85 s). Seu alcance por carga fica na casa dos 330 km.

O hipercarro já está disponível para a compra e vem importado direto da Croácia. Apenas 150 unidades serão produzidas.

Imagem: Rimac/Divulgação

No fim, o número, apesar de absurdamente rápido, ainda não chega perto do que foi alcançado pelo Bugatti Chiron Super Sport 300+ em 2019. O hipercarro movido a gasolina atingiu 490,48 km/h na mesma pista de testes, a Ehra-Lessien, na Alemanha. 

Curiosamente, no ano passado a marca de carros esportivos de luxo foi absorvida pela Rimac e virou a Bugatti-Rimac, que conta ainda com participação de outros nomes como a Porsche e a sul-coreana Hyundai.

Achou o preço alto demais? Em breve teremos outro carro elétrico no mercado que promete andar quase tão rápido quanto o Nevera. Pelo menos é o que promete Elon Musk com a próxima geração do Tesla Roadster (que vai custar bem menos que o rival, US$ 200 mil).

Imagem principal: Rimac/Divulgação

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!