Em meio aos avanços no projeto de lei dos Estados Unidos que pretende banir o TikTok do país, a Agência Nacional Tcheca de Segurança Cibernética e da Informação (NUKIB) disse que o aplicativo de mídia social chinês representa um risco à segurança da população.

  • De acordo com a agência, o alerta acontece devido a uma série de descobertas feitas junto a informações de parceiros sobre a maneira com que os dados de usuários são coletados e tratados.
  • O órgão também alega que o TikTok está sob controle da República Popular da China (RPC).

A agência tcheca recomendou que políticos e autoridades evitem usar a rede social.

Leia mais:

A NUKIB recomenda proibir a instalação e o uso do aplicativo TikTok em dispositivos que tenham acesso ao sistema regulamentado (tanto em dispositivos de trabalho quanto em dispositivos privados usados ​​para fins de trabalho) como a maneira mais fácil de eliminar ao máximo a ameaça mencionada. 

Também encorajamos o público a considerar o uso deste aplicativo… Para as chamadas pessoas de interesse, ou seja, pessoas que ocupam, por exemplo, altos cargos políticos, públicos ou de decisão, recomendamos não usar o aplicativo.

NUKIB, em comunicado.

Conforme relatou a agência Reuters, o TikTok respondeu o alerta dizendo que ele é “equivocado”. Confira:

publicidade

Este aviso é baseado em equívocos fundamentais sobre a propriedade de nossa empresa e nossa segurança de dados. Especialistas em segurança independentes descobriram consistentemente que não coletamos mais dados do que outros aplicativos comuns, e geralmente menos. O estado chinês não tem propriedade no TikTok ou em nossa empresa controladora, e ambos são incorporados fora da China.

TikTok apresenta plano de segurança de dados na Europa

Na quarta-feira (08), a rede social também apresentou seu plano de segurança de dados para proteger informações de usuários de toda a Europa.

Conhecido como “Projeto Clover”, a estratégia da empresa consistirá em armazenar os dados de usuários em servidores na Irlanda e Noruega. Qualquer repasse de dados para fora da Europa será examinado por uma empresa de TI terceirizada que ainda não foi identificada.

A medida servirá para tranquilizar os EUA e países da Europa preocupados com a transmissão de dados dos usuários para o governo da China.

No final de fevereiro, a União Europeia — seguindo a decisão de órgãos federais dos EUA — anunciou a proibição do TikTok em celulares de funcionários e executivos da Comissão Europeia pelo temor de vazamento de dados.

Com informações de NUKIB, Reuters e The Guardian.

Imagem destaque: Primakov / Shutterstock.com

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!