Chuck Lorre é um dos produtores mais bem-sucedidos e influentes da televisão americana. Criador de diversas sitcoms de sucesso, como “Dois Homens e Meio”, “Big Bang: A Teoria”, “Mom” e “Jovem Sheldon”. Veja a seguir as cinco melhores criações desse renomado produtor.

Leia mais:

O Método Kominsky

Michael Douglas estrela a série/ Crédito: Netflix (Divulgação)

Para muitos a melhor série criada por Chuck Lorre, “O Método Kominsky” recebeu alta avaliação positiva da crítica especializada. No site agregador de críticas Rotten Tomatoes, a atração conta com aprovação de 93%. A comédia dramática também agradou o público, com uma avaliação de 8,2 no IMDb.

A série segue a história de Sandy Kominsky (Michael Douglas), um ator de Hollywood qu

publicidade

e agora trabalha como treinador de atuação, e seu melhor amigo Norman Newlander (Alan Arkin), um agente de talentos aposentado. A série retrata a vida de Kominsky enquanto enfrenta os desafios do envelhecimento e das mudanças na indústria do entretenimento.

Disponível para assinantes da Netflix.

Big Bang: A Teoria

Sitcom teve 12 temporadas, totalizando 279 episódios. Crédito: Warner Bros./Divulgação

Sitcom mais bem-sucedida e popular dos últimos anos, durou 12 temporadas. A série segue o cotidiano de um grupo de amigos acadêmicos e nerds que vivem em Pasadena, Califórnia, liderados por Leonard Hofstadter e Sheldon Cooper, dois físicos que trabalham na Universidade de Caltech e dividem o mesmo apartamento. A vida de todos é abalada com a chegada de sua nova e atraente  vizinha, Penny.

“The Big Bang Theory” ajudou a popularizar a figura do nerd e trouxe uma nova visibilidade a essa subcultura na cultura popular.

Disponível para assinantes da HBOMax.

Grace Under Fire

Elenco de Grace Under Fire / Crédito: ABC (Divulgação)

“Grace Under Fire” é uma sitcom que acompanha a vida de Grace Kelly (Brett Butler), uma mãe solteira recém-divorciada de um marido alcoólatra e abusivo. Apesar dos muitos desafios que enfrenta, como criar seus três filhos sozinha e lidar com sua dependência química, Grace sempre mantém um senso de humor afiado.

A série foi elogiada por sua abordagem leve e espirituosa a temas sensíveis como dependência química e abuso doméstico. Brett Butler usou suas experiências pessoais (semelhantes a da personagem) para trazer uma autenticidade e naturalidade à Grace, e sua atuação foi bastante prestigiada.

No entanto, a série enfrentou críticas por sua mudança de tom e foco na trama nas últimas temporadas, o que levou ao seu cancelamento. Além disso, os problemas pessoais de Brett Butler, como sua luta contra a dependência química e seu comportamento difícil nos bastidores, afetaram a qualidade da série e sua carreira.

Dharma & Greg

Elenco de Dharma e Greg / Crédito: ABC (Divulgação)

“Dharma & Greg” é uma sitcom que conta a história de um casal que se conhece em seu primeiro encontro e se casa impulsivamente, apesar de terem personalidades opostas – ela é hippie e ele yuppie. A dinâmica da série gira em torno do choque de estilos de vida e personalidades dos protagonistas.

A série teve uma boa recepção do público e da crítica em suas primeiras temporadas, e é lembrada com carinho pelos fãs até hoje.

Cybill

Elenco de Cybill/ Crédito: CBS (Divulgação)

“Cybill” é uma sitcom estrelada pela renomada atriz Cybill Shepherd, que retrata a história de uma atriz de meia-idade em Hollywood, que enfrenta desafios para equilibrar sua carreira, vida amorosa conturbada e obrigações familiares.

A série foi bem recebida pela crítica na época, especialmente por abordar temas como o etarismo na indústria do entretenimento e a sexualidade feminina na meia-idade. No entanto, durante sua exibição, a série enfrentou algumas dificuldades, incluindo conflitos entre Cybill Shepherd e Chuck Lorre, o que levou ao cancelamento prematuro da série após a quarta temporada.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!