Conforme divulgado em janeiro pelo Olhar Digital, 2023 terá um total de quatro eclipses, sendo dois lunares e dois solares. Um de cada já aconteceu no primeiro semestre, e os próximos ocorrem este mês, sendo um do Sol, no dia 14, e um da Lua, no dia 28.

O primeiro evento será um eclipse solar anular, também chamado de Anel de Fogo. Esse fenômeno acontece quando a Lua cobre o centro do Sol, mas deixa um círculo de luz visível em seu entorno.

O último eclipse anular do Sol ocorreu em junho de 2021, mas não foi observável no Brasil. Desta vez, é diferente: na próxima sexta-feira, todas as regiões do país vão conseguir ver pelo menos uma parte do evento – com uma estreita faixa privilegiada do Norte e Nordeste tendo acesso a 100% da anularidade do eclipse.

Neste link, é possível descobrir qual a porcentagem de cobertura da sombra da Lua na Terra em sua localidade.

publicidade

Olhar Digital vai transmitir o eclipse solar anular ao vivo

Mas, não se preocupe: de qualquer forma, você pode acompanhar o eclipse solar anular completo em tempo real em todas as plataformas oficiais do Olhar Digital, que vai transmitir o evento ao vivo direto de Araruna, na Paraíba.

Para “aquecer os motores”, o programa Olhar Espacial desta sexta-feira (6) recebe o físico Hélio de Carvalho Vital, que tem mestrado e doutorado em energia nuclear e é um dos maiores especialistas do mundo em eclipses.

Hélio de Carvalho Vital, especialista em eclipses, é o convidado desta sexta-feira (6) do Programa Olhar Espacial. Imagem: Arquivo pessoal

Apaixonado pelo céu desde a infância, ele vem pesquisando o assunto há mais de 30 anos, buscando contribuir para o aperfeiçoamento da compreensão e previsibilidade desses fenômenos.

Vital é um dos palestrantes confirmados do 23º Encontro Nacional de Astronomia (ENAST), que acontece de 12 a 14 de outubro em Araruna. Essas conferências são realizadas anualmente e reúnem astrônomos profissionais e amadores, além de entusiastas, estudantes e educadores, com o objetivo de compartilhar experiências e pesquisas para o desenvolvimento e difusão da astronomia no Brasil.

Leia mais:

Como assistir ao Programa Olhar Espacial

Apresentado por Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia – APA; membro da SAB – Sociedade Astronômica Brasileira; diretor técnico da Rede Brasileira de Observação de Meteoros – BRAMON e coordenador nacional do Asteroid Day Brasil, o programa é transmitido ao vivo, todas às sextas-feiras, às 21h (horário de Brasília), pelos canais oficiais do veículo no YouTubeFacebookInstagramTwitter (X)LinkedIn e TikTok, além do canal por assinatura Markket (611-Vivo, 56 -Sky e 692-ClaroTV).