A Amazon anunciou mais um robô para ajudar a separar as encomendas nos armazéns da empresa. Trata-se do Digit, um humanoide capaz de se mover, agarrar e manusear itens. Digit faz parte da ambição da Big Tech em aumentar a eficiência de suas entregas por meio do investimento em robótica e IA.

Ao invés de rodas para se mover, Digit tem duas pernas. Por isso, ele é capaz de subir e descer escadas e acessar locais em diferentes andares. Por enquanto, ele é apenas um protótipo que está em testes em Seattle, nos Estados Unidos.

Leia também:

Inicialmente, o Digit irá ajudar na coleta e movimentação de caixas vazias, após funcionários terem esvaziado os produtos que estavam dentro delas. Posteriormente, por conta de seu tamanho e formato, o robô poderá ser usado em outras atividades que envolvam a manipulação de objetos.

publicidade

Vale lembrar que nesta semana, nós conhecemos o Sequoia, sistema robótico que utiliza inteligência artificial para identificar e separar encomendas.

Amazon: polêmica automação

Amazon robô Digit
Imagem: Amazon / Divulgação

A Amazon argumenta que a introdução de tecnologias robóticas em seus processos de trabalho não tem levado à redução de empregos, mas sim permitido o crescimento e a expansão da empresa. Segundo ela, a automação visa liberar os funcionários para que eles possam entregar melhor aos clientes.

Para Tye Brady, tecnólogo-chefe da Amazon Robotics, as pessoas são fundamentais para os processos e ele não acredita ser viável ter armazéns totalmente automatizados no futuro, conforme disse em uma coletiva de imprensa em Seattle, segundo a BBC.

Em um comunicado, a Amazon afirmou que, nos últimos 10 anos, diversos empregos foram criados nas operações, incluindo 700 novos tipos de trabalhos, em funções qualificadas, que não existiam anteriormente. Atualmente, a gigante tem mais de 750 mil robôs que atuam com pessoas, assumindo as tarefas altamente repetitivas.

No entanto, um sindicato acusou a Amazon de tratar seus trabalhadores como robôs há anos e alertou que a automação levará a perda de empregos.

A automação da Amazon é uma corrida precipitada para a perda de empregos. Já vimos centenas de empregos desaparecerem em centros de distribuição.

Stuart Richards, organizador do sindicato britânico GMB

Todos os robôs da Amazon

Conheça todos os robôs da Amazon anunciados até agora:

  • Proteus: desenvolvido para mover grandes cargas nos centros de distribuição da empresa nos Estados Unidos.
  • Cardinal: classifica de forma rápida e precisa um pacote no centro de distribuição.
  • Sparrow: capaz de detectar, selecionar e manipular produtos de maneira individual nos armazéns da empresa
  • Sequoia: projetado para agilizar o atendimento de pedidos e identificar e armazenar estoque.