A Microsoft está reorganizando sua liderança de jogos e marketing do Xbox, menos de duas semanas após adquirir a Activision Blizzard.

A Microsoft precisa integrar cuidadosamente a Activision Blizzard em sua divisão de jogos. A reorganização tem foco no potencial de jogos e inteligência artificial (IA), que deve estar cada vez mais presente neste universo. A companhia está integrando a IA em suas diversas plataformas e aplicativos, como o Copilot, o navegador Edge, o 365, entre outros.

Leia mais:

Como fica

  • Matt Booty será promovido a presidente de conteúdo e estúdios de jogos, incluindo a responsabilidade do ZeniMax;
  • Sarah Bond será a presidente do Xbox, supervisionando todas as plataformas e trabalhos de hardware do Xbox;
  • O diretor de marketing, Chris Capossela, está se afastando depois de 32 anos na Microsoft.

As informações foram obtidas de memorandos internos da Microsoft pelo The Verge. Confira, abaixo, o organograma da reorganização:

publicidade

Imagem: Microsoft

Booty agora liderará uma organização expandida dentro da Microsoft Gaming, que inclui ZeniMax e Bethesda.

Bond será responsável pelo futuro do Xbox, tanto em hardware quanto em software – que pode incluir um Xbox Series X redesenhado sem disco no próximo ano e um console híbrido de próxima geração em 2028.

Além disso, mais mulheres terão cargos de liderança em jogos na Microsoft do que homens após o CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, sair no final de 2023.

Takeshi Numoto substituirá Capossela como diretor de marketing, com foco na transformação para nuvem da Microsoft.

Yusuf Mehdi será promovido a vice-presidente executivo, diretor de marketing do consumidor, com o objetivo de melhorar as experiências dos usuários finais e impulsionar os produtos AI da Microsoft.

A empresa está movendo sua organização de vendas de consumidores para a equipe de jogos, liderada por Ami Silverman.