O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta na noite de quarta-feira (8) para cinco estados do Brasil devido à nova onda de calor extremo. Segundo o órgão, o aviso de perigo potencial vale para São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, mas outras regiões podem ser incluídas na próxima semana, já que o fenômeno tende a se expandir e ganhar intensidade. 

Para quem tem pressa: 

  • O Inmet colocou cinco regiões brasileiras em alerta devido à próxima onda de calor no país; 
  • As temperaturas devem aumentar até sexta-feira (10) e essas regiões ficarão 5 °C acima da média; 
  • Em cidades do Centro-Oeste, as máximas devem ultrapassar os 42 °C; 
  • Se o fenômeno persistir, o alerta será alterado, podendo ganhar um nível mais alto de perigo. 

Leia mais! 

O forte calor deverá continuar, pelo menos, até meados da próxima semana, contudo, a área de abrangência do fenômeno deve sofrer alterações. A partir do sábado (11), se a situação persistir, o aviso de onda calor será atualizado e poderá se expandir ou até mesmo ter o seu nível de severidade alterado. 

Inmet em comunicado
Imagem: Inmet

De acordo com o Climatempo, Tocantins, Bahia, Piauí e Espírito Santos também devem ter temperaturas acima dos 40 °C. Recentemente, o site de meteorologia alertou que no mês de novembro o Brasil pode registrar até 47 °C, com a média de temperatura ultrapassando o 5° C. 

publicidade

Diferente do fenômeno registrado em setembro, o novo será ainda mais duradouro, podendo superar cinco dias de muito calor. 

Para o MetSul, a nova onda de calor será incomum e uma das mais intensas da história, com temperaturas de 45 °C ou mais no Centro-Oeste, interior de São Paulo e regiões de Minas Gerais. 

O portal de informação acrescentou que, segundo sua análise, o calor deve durar entre 10 e 14 dias, quebrando recordes de duração e temperaturas.