O Walmart, uma das maiores multinacionais de lojas de departamento, anunciou na terça-feira (20) a compra da Vizio, fabricante estadunidense de smart TVs, por US$ 2,3 bilhões (aproximadamente R$ 11 bilhões). Segundo a gigante do varejo, a aquisição vem como estratégia para alavancar seu negócio de publicidade através do sistema operacional da empresa. 

O que você precisa saber: 

  • O Walmart já era um dos maiores vendedores de TVs Vizio; 
  • O sistema SmartCast da fabricante chamou atenção da gigante do varejo, já que oferece suporte a conteúdo gratuito com anúncios; 
  • Segundo o Walmart, a aquisição “permitirá um negócio de publicidade lucrativo que está crescendo rapidamente”; 
  • Apesar do anúncio, o negócio está sujeito à aprovação regulatória. 

Leia mais! 

Como parte do acordo, as empresas planejam combinar seus respectivos negócios publicitários. O Walmart já tem um negócio de publicidade de US$ 2,7 bilhões, e a chegada da Vizio pode aumentar seu acesso a informações importantes do consumidor, como dados de audiência.  

publicidade

Acreditamos que a combinação desses dois negócios teria impacto à medida que redefinimos a interseção entre varejo e entretenimento. 

Seth Dallaire, vice-presidente do Walmart. 

A fusão também deve dar mais visibilidade aos anúncios do Walmart, já que anúncios poderão ser veiculados nas TVs Vizio, os quais poderão ser rastreados pelo varejista. 

Nossa tecnologia ajudará a trazer uma plataforma de publicidade de TV conectada e dimensionada para o Walmart Connect. 

William Wang, CEO da Vizio. 

Vale lembrar que, assim como dezenas de empresas, o Walmart também abandonou as apostas em publicidade no X. Debandada de anunciantes ocorreu no ano passado após falas polêmicas de Elon Musk. Relembre aqui!

As TVs inteligentes estão se tornando cada vez mais interessantes para o mercado de publicidade, já que elas ajudam a coletar dados personalizados do consumidor para anúncio direcionado. A Amazon, por exemplo, impulsionada pela Fire TV (dispositivo que acrescenta uma plataforma smart a sua TV ou monitor), tem um dos maiores negócios de publicidade nos EUA, atrás apenas da Alphabet e Meta.