O maior evento astronômico do ano acontece no mês de abril. O eclipse solar total, que infelizmente não será visto do Brasil, cobrirá os céus da América do Norte no próximo dia 8. Veja esse e outros eventos esperados para o mês de abril no Calendário Astronômico do Olhar Digital.

Veja abaixo nosso calendário astronômico de fevereiro com os eventos mais importantes. Lembramos que todas as datas, horários e referências geográficas consideram um observador baseado em Brasília, e podem ser ligeiramente diferentes de acordo com sua posição no país.

Leia mais:

Calendário Astronômico de abril

2 abril: A Lua minguante de abril chega à 00h14.

publicidade

8 de abril: A Lua cobrirá o Sol num Eclipse Solar Total que poderá ser visto de várias regiões da América do Norte, possibilitando que milhões de pessoas observem o fenômeno, que resulta numa cobertura quase perfeita da estrela. Infelizmente, o evento não será visto no Brasil.

O fenômeno é o mesmo que foi registrado em 2017, mas há algumas diferenças. O Eclipse Solar Total deste ano poderá ser visto por cidades e áreas mais densamente povoadas, permitindo que 31,6 milhões de pessoas assistam o fenômeno, em comparação com as 12 milhões de 2017.

Eclipse Solar Total de 2017, fotografado em Madras, Oregon (Crédito: NASA/Aubrey Gemignani)
Eclipse Solar Total de 2017, fotografado em Madras, Oregon (Crédito: NASA/Aubrey Gemignani)

8 de abril: A Lua nova chega às 15h20.

9 de abril: Um foguete SpaceX Falcon 9 lançará o primeiro par de satélites de observação da Terra WorldView Legion para a Maxar Technologies. A Maxar planeja implantar seis satélites comerciais de sensoriamento remoto de alta resolução WorldView Legion em uma mistura de órbitas sincronizadas com o sol e de inclinação média.

falcon 9
O foguete Falcon Heavy da SpaceX está na plataforma de lançamento do Kennedy Space Center da NASA em 26 de julho de 2023. Uma decolagem planejada naquele dia foi cancelada com 65 segundos restantes na contagem regressiva.(Crédito da imagem: SpaceX)

15 de abril: A Lua Crescente chega às 16h13.

22 e 23 de abril: A chuva de meteoros Líridas, considerada por muitos a primeira das principais chuvas de meteoros que acontecem todos os anos, tem máxima esperada para os dias 22 e 23, quando as chances de se ver “estrelas cadentes” serão maiores. No entanto, ela já está ativa desde o dia 15, com término previsto para o dia 29.

Essa é a primeira chuva de meteoros a ocorrer depois da “seca” que se dá após a Quadrântidas, que tem máxima em 3 de janeiro. E é por encerrar esse período e também pelo fato de a chuva Quadrântidas praticamente não ser visível do Brasil que, para muitos, Líridas é considerada a primeira das grandes chuvas de meteoros do ano.

Chuva de meteoros Perseidas registrada sobre o Poloniny Dark Sky Park, na Eslováquia. Crédito: Petr Horálek – APOD/NASA

23 de abril: A Lua Cheia chega às 20h48.

Previsto para abril, mas sem data:

  • Primeiro voo do foguete Angara A5 do local de lançamento do Cosmódromo Vostochny, cargas úteis a serem anunciadas.
  • O primeiro de 2 lançamentos para a Comissão Europeia da constelação de satélites Galileo. O lançamento deve acontecer em um foguete Falcon 9.