Apple e Anvisa discutem ativação de eletrocardiograma no Apple Watch

Recurso do smartwatch precisa de autorização dos órgãos locais e não funciona nos modelos vendidos no Brasil

Vinicius Szafran, editado por Maria Lutfi 30/12/2019 18h50
Apple Watch e Monitor Cardíaco
A A A

Tanto o Apple Watch Series 4, quanto o Series 5, possuem um recurso de eletrocardiograma: eles podem analisar o ritmo dos batimentos cardíacos do usuário e identificar fibrilação atrial, uma espécie de arritmia. Mas não no Brasil. Isso porque, para habilitar a funcionalidade nos aparelhos vendidos no país, é necessária a autorização de órgãos locais - e isso pode estar prestes a acontecer.


Segundo o MacMagazine, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou que foi realizado um encontro entre o presidente do órgão, William Dib, e representantes da Apple, no dia 6 de novembro. "Neste encontro, a companhia foi informada sobre os requisitos necessários para a regularização do ECG no país - há uma série de autorizações estaduais e/ou municipais necessárias antes da regularização nacional", afirmou o site.

Reprodução

O encontro não garante que a Apple habilitará o recurso de eletrocardiograma do Apple Watch, mas é um começo para que a funcionalidade seja ativada nos dispositivos vendidos no Brasil. Atualmente, o ECG funciona apenas em alguns países da União Europeia, Estados Unidos, Hong Kong, Canadá e Singapura. No entanto, o bloqueio é pelo país de compra. Ou seja, se o aparelho adquirido for um modelo canadense, por exemplo, será possível utilizar o ECG no Brasil.

O ECG registra os impulsos elétricos gerados pelos batimentos do coração. O ideal é que o resultado da leitura do Apple Watch seja de ritmo sinusal, ou seja, que o coração bata em ritmo uniforme. Já uma fibrilação atrial "significa que o coração está batendo com um ritmo irregular entre 50 e 120 bpm", sendo essa a forma comum de arritmia cardíaca, como explica a Apple.

É importante salientar que, uma vez protocolado o pedido de regularização do eletrocardiograma, a análise leva em média 60 dias, caso todos os requisitos de eficácia e de segurança tenham sido atendidos pela empresa. Dessa forma, é provável que o ECG do Apple Watch chegue ao Brasil no primeiro semestre de 2020. A Apple não quis se pronunciar sobre o assunto.

Via: Tecnoblog

Apple Brasil Smartwatch apple watch anvisa
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você