Nova linha de smartphones do Google deve se chamar Pixel

De acordo com informações do Android Police, os novos smartphones Android do Google abandonarão de vez o nome Nexus e passarão a se chamar Pixel. Serão lançados dois modelos, com telas de 5 e 5,5 polegadas, chamados respectivamente de Pixel e Pixel XL, que devem ser revelados pelo Google no dia 4 de outubro.

Os dispositivos, conforme apontavam rumores, deverão ser ambos fabricados pela HTC. Diferentemente do que aconteceu com os Nexus 5X e 6P (que tinham configurações bem distintas), os novos modelos deverão ter poucas diferenças além do tamanho. Os dois aparelhos deverão ter o mesmo processador e os mesmos 4GB de RAM, com possivelmente uma diferença também no tamanho da bateria por conta da tela maior.

Fora isso, rumores apontam que os dois aparelhos terão câmera traseira de 12MP e câmera frontal de 8MP, conectores USB-C, leitores de impressão digital na parte traseira, saías de fone de ouvido, processadores quad-core da Qualcomm e a partir de 32GB de armazenamento. Outra notável diferença dos Pixels para os Nexus é que eles podem não vir com a versão pura do Android.

Embora a mudança de nome possa parecer estranha para uma linha tão esptabelecida, ela faz sentido. Os próximos Nexus deveriam ser os Nexus 7, mas esse já era o nome de um tablet lançado pelo Google. A marca Pixel, por outro lado, também já existia e reprsentava uma linha de tablets do Google.

Outros anúncios

No evento do dia 4 de outubro, segundo "uma fonte confiável" do Android Police, o Google também terá outras novidades para divulgar. Deverá ser mostrado também um novo Chromecast, chamado de Chromecast Plus ou Chromecast Ultra, que será capaz de transmitir imagens em resolução 4K. O Google Home, assistente doméstico do Google cujo formato virou piada na internet, também deverá ser apresentado com mais detalhes.

Além disso, a empresa também deverá fornecer mais detalhes sobre a Daydream, sua plataforma de realidade virtual. Anunciada durante a Google I/O, a plataforma seria uma espécie de versão da Google Cardboard, mas segundo a empresa, nenhum smartphone disponível no mercado atualmente era adequado para ela.

Isso fez com que surgissem boatos de que o Google estaria desenvolvendo um dispositivo de realidade virtual (além do Cardboard). Ainda por conta disso, o chefe de realidade virtual do Google sugeriu aos consumidores que "esperassem" para comprar um novo smartphone. Outro rumor que isso gerou foi que os smartphones Pixel viriam com processadores de ponta, como o Snapdragon 821 ou 823.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ