O governo da Rússia acusou o Facebook de violação aos direitos humanos nesta segunda-feira (8). Os russos alegam que a rede social violou os direitos dos cidadãos ao bloquear postagens publicadas por veículos de comunicação do país.

O regulador de comunicações Roskomnadzor ameaçou aplicar uma multa de 1 milhão de rublos (em torno de R$ 76.800) e exigiu que conteúdos postados pela agência de notícias TASS, o jornal de negócios RBC e o periódico Vzglyad fossem restaurados imediatamente.

publicidade

De acordo com o Roskomnadzor, o Facebook bloqueou postagens relacionadas à detenção de supostos integrantes de um grupo ucraniano de extrema-direita. “Eu acho isso inaceitável. Viola nossa legislação nacional”, disse Vyacheslav Volodin, presidente da câmara baixa do parlamento russo.

Leia também

Após golpe em Mianmar, militares ordenam bloqueio do Facebook

Austrália aprova lei que obriga Facebook e Google a pagarem por notícias

Facebook e Austrália chegam a acordo para restaurar páginas de notícias

Em nota, Volodin afirmou que o Facebook violou os direitos fundamentais de distribuição de informação e que elaboraria um projeto de lei para garantir a “soberania digital” da Rússia. Procurado pela agência de notícias Reuterso Facebook não se manifestou sobre o assunto.

Países fecham cerco contra big techs

Big Techs vêm cerco fechando ao redor do mundo. Crédito: ShutterStock

As críticas do governo russo chegam em um momento delicado para o Facebook em relação à disseminação de notícias na arena internacional. Recentemente, a Austrália aprovou uma lei que obriga as empresas a pagarem por notícias.

A própria Rússia aprovou em dezembro de 2020 um projeto de lei que permite ao governo impor multas nas plataformas que não excluem conteúdos proibidos no país ou restrinjam acesso a empresas de mídias sociais americanas, caso essas sejam consideradas discriminatórias contra a mídia Russa.

“Eles operam em nosso ambiente, mas ao mesmo tempo não obedecem a nenhuma lei russa”, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!