EnglishPortugueseSpanish

 

Usuários do Motorola Edge+, smartphone 5G da Motorola, agora podem transformar seu celular em um verdadeiro computador desktop. Um recurso chamado “Ready For”, similar ao DeX dos smartphones da Samsung, está chegando aos aparelhos nos EUA junto com a atualização para o Android 11.

Para usá-lo, basta conectar o smartphone a um monitor usando um cabo USB-C para USB-C (em monitores compatíveis) ou USB-C para HDMI. Com isso um aplicativo chamado “Ready For Hub” aparece na tela, oferecendo várias novas possibilidades de uso do aparelho.

publicidade

Com um teclado e mouse Bluetooth o usuário pode ter a experiência de um computador desktop, rodando múltiplos aplicativos Android ao mesmo tempo e até mesmo usando um app no celular enquanto usa outros no monitor.

Outra ferramenta para a produtividade é a possibilidade de usar a câmera traseira do Edge+, com um sensor de 108 MP, para videochamadas, melhorando imensamente a qualidade de imagem em relação a uma webcam tradicional.

Leia mais:

Também é possível conectar um gamepad Bluetooth e rodar seus jogos favoritos em um monitor ou TV, transformando o smartphone em um console. Ou usar a conexão 5G do aparelho e uma tela grande para assistir vídeos no YouTube ou seu serviço de streaming preferido.

Não é a primeira vez que a Motorola transforma um de seus smartphones em um PC. Quem acompanha o mercado há mais tempo certamente se lembra do Motorola Atrix, de 2011, que quando conectado à Lapdock se transformava em um notebook fino e leve.

Motorola Atrix e a inovadora Lapdock

O celular também podia virar um desktop quando conectado a um monitor, teclado e mouse usando a HD Multimedia Dock. Entretanto, o software do “modo PC” na época, baseado em Linux, limitava bastante a experiência: era possível apenas espelhar a tela do celular em uma janela, rodar o navegador Firefox e usar algumas ferramentas básicas. O conceito foi reutilizado em mais alguns poucos produtos, mas infelizmente logo foi abandonado.

Fonte: Android Central