Após confirmar a segunda edição consecutiva completamente online, a organização da San Diego Comic-Con anunciou um evento presencial para o mês de novembro. A convenção deve acontecer no feriado americano de Ação de Graças, entre os dias 26 e 28 de novembro. 

Em 2020, por conta da pandemia da Covid-19, o evento, que costuma acontecer em meados de julho, durante o verão americano, ocorreu de forma remota pela primeira vez em seus 50 anos de existência. Para 2021, havia uma convenção marcada para o mês de março, mas a mesma também foi convertida em um evento online. 

publicidade

Leia também: 

A primeira San Diego Comic-Con presencial da era pós-Covid deve acontecer no Centro de Convenções da cidade da California, onde ocorre normalmente. No entanto, os organizadores não comentaram sobre qual será o tamanho ou o escopo do evento. 

“No momento, ainda estamos trabalhando em detalhes específicos quanto à capacidade de atendimento, custo do crachá e informações relacionadas, e esses detalhes serão disponibilizados”, declarou um porta-voz da Comic-Con International, entidade responsável pelo licenciamento da marca. 

Oportunidade para os estúdios

Grandes estúdios podem desenhar melhor suas estratégias de marketing com a Comic-Con. Imagem: Disney/Divulgação

Fundada no início da década de 1970, a San Diego Comi-Con nasceu como uma feira de quadrinhos. Mas, com o passar do tempo, seu público foi se ampliando e outros produtos da cultura pop, como filmes e séries de TV passaram a ter uma importância maior até que a dos quadrinhos dentro da feira. 

Isso ganhou ainda mais força com o sucesso dos filmes baseados em histórias de super-heróis, com destaque para as produções do Marvel Studios, de propriedade da Disney. Quase sempre, as estrelas dos próximos lançamentos participavam de painéis, onde eram apresentados trailers inéditos. 

Como a indústria do entretenimento foi uma das mais afetadas pela pandemia, o retorno de um evento do tamanho da Comic-Con e em regime presencial é uma oportunidade e tanto para se descobrir como o marketing dos grandes estúdios deverá funcionar nestes novos tempos. 

Com informações do The Verge 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!