EnglishPortugueseSpanish

O Facebook está estudando uma fórmula para rotular páginas com informações adicionais nas publicações que aparecem no feed dos usuários. O objetivo do novo recurso é impedir que pessoas levem sátiras a sério e compartilhem piadas como se fossem coisas sérias. 

Algumas páginas passarão a ser divididas em três categorias, “oficial público”, que será restrito aos funcionários públicos, “página de fãs”, que são as comunidades que juntam pessoas com os mesmos interesses, e “página de sátira”, que são as de perfil humorístico. Os testes já foram iniciados nos Estados Unidos e serão adicionadas a mais postagens de forma gradual. 

publicidade

O Facebook não deu nenhum detalhe sobre o porquê de estarem adicionando esses rótulos, no entanto, a identificação de sátiras é algo importante, ainda mais em tempos de inclusão digital. Em um país como o Brasil, que tem um número alto de analfabetos funcionais, é muito comum que pessoas compartilhem prints falsos ou notícias humorísticas como se fossem reais. 

Leia também: 

No fim das contas, isso acaba se tornando uma notícia falsa, mesmo que não tenha sido escrita ou desenhada com essa intenção pelo criador da postagem. 

A caminho da transparência

Essa não é exatamente a primeira vez que o Facebook busca meios para dar uma maior transparência aos seus usuários em relação à origem das postagens. Em junho de 2020, a rede começou a rotular alguns meios de comunicação como “total ou parcialmente sob o controle editorial de seu governo”.

Segundo o Facebook, esses meios de comunicação precisam receber esses rótulos por combinarem a influência de uma organização de mídia com o apoio estratégico de um Estado soberano. “acreditamos que as pessoas devem saber se as notícias que leem vêm de uma publicação que pode estar sob a influência de um governo”, disse um porta-voz da empresa na ocasião. 

Com informações da The Verge 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!