A Virgin Orbit fez seu primeiro lançamento comercial de satélites na manhã desta quarta-feira (30). O foguete Launcher One foi lançado a partir de um Boeing 747 modificado chamado Cosmic Girl e colocou sete pequenos satélites em uma órbita a 500 km de altitude.

A missão foi batizada de “Tubular Bells Part One”, nome do álbum de estreia do músico inglês Mike Oldfield, que foi o primeiro lançamento da Virgin Records, primeira empresa do grupo Virgin, em 1973. 

publicidade

A aeronave Cosmic Girl decolou do Mojave Air and Spaceport, na Califórnia, em direção ao Oceano Pacífico por volta das 10h50 (horário de Brasília). Cerca de 1 hora depois, após a confirmação de de condições técnicas e meteorológicas, o foguete foi liberado a uma altitude de 10 km. Reveja a missão no vídeo abaixo.

Quatro segundos após ser solto, o foguete LauncherOne acionou o propulsor NewtonThree em seu primeiro estágio, que funcionou durante cerca de três minutos. Em seguida o segundo estágio se separou e acionou o propulsor NewtonFour, que levou a carga à órbita final ao redor da Terra.

Este foi o terceiro lançamento da Virgin Orbit. O primeiro, em maio de 2020, falhou na ignição do primeiro estágio, resultando na perda do foguete e de sua carga. No segundo, em janeiro deste ano, o foguete colocou em órbita dez pequenos satélites como parte do programa Educational Launch of Nanosatellites (ELaNa, Lançamento Educacional de Nanosatélites) da Nasa.

Leia mais:

A carga do foguete na missão desta quarta-feira consistia em sete satélites de pequeno porte. Quatro para o Centro de Espaço e Mísseis da Força Espacial dos EUA, como parte da missão STP-VP27A, um satélite Brik-II para a Força Aérea Holandesa e dois satélites de observação terrestre, chamados STORK-4 e STORK-5, que serão parte da constelação de observação terrestre STORK, da empresa polonesa SatRevolution.

A Virgin Orbit é apenas uma das empresas do setor aeroespacial no grupo Virgin, fundado pelo bilionário inglês Richard Branson. Recentemente outra empresa do grupo, a Virgin Galactic, obteve autorização para iniciar os primeiros voos turísticos até o espaço.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!