A Toyota está fazendo esforços para reprimir a revenda de um de seus modelos, o Land Cruiser 300 Series, no Japão. Alegando questões de segurança, a montadora está pedindo para que os compradores se comprometam a não revenderem seus carros dentro de um período de 12 meses. Segundo a empresa, a razão é o temor de que os carros caiam nas mãos de grupos terroristas.

Qualquer pessoa que assine um contrato de compra do Land Cruiser 300 Series precisará confirmar que não está comprando o veículo com o objetivo de revendê-lo ou exportá-lo. Atualmente, existem mais 20.000 encomendas do SUV no Japão, segundo dados divulgados pela própria Toyota. Porém, é provável que o veículo não seja comercializado no Brasil.

publicidade

A preocupação da Toyota se dá porque os veículos da marca possuem uma reputação de confiabilidade e resistência, o que faz deles alguns dos favoritos de grupos considerados extremistas e milícias armadas. Para se ter uma ideia, o governos dos EUA chegou a investigar a razão do Estado Islâmico exibir em seus vídeos muitas unidades do Land Cruiser e da picape Hilux.

Não tem como evitar

Em resposta, a operação da empresa nos Estados Unidos disse que tinha políticas rígidas para evitar que seus veículos não fossem comprados por pessoas que podem usá-los ou modificá-los para atividades paramilitares, extremistas ou terroristas. A montadora também afirmou que tem procedimentos contratuais para evitar que os carros sejam desviados para usos não autorizados.

Porém, a Toyota pondera que é praticamente impossível para qualquer montadora controlar o destino de seus veículos por meio de canais indiretos e ilegais, além de possíveis roubos ou furtos. Por fim, a empresa se comprometeu a apoiar as investigações do governo estadunidense e a cumprir integralmente as leis e regulamentos dos países onde atua.

300 Series é especial

Central Multimídia do Toyota Land Cruisers 300 Series
Display da central multimídia do carro mostra obstáculos ocultos para o motorista. Crédito: Toyota/Divulgação

O Land Cruiser 300 Series tem fatores que podem torná-lo especialmente atrativo para grupos paramilitares extremistas. Entre eles, o fato de o SUV off-road ser até 200kg mais leve do que o 200 Series, de quem ele é substituto. Além disso, o novo Land Cruiser teve uma redução de seu centro de gravidade, graças a uma alteração na distribuição de peso e melhorias na articulação das rodas.

Leia mais:

Outro fator é o sistema Multi Terrain Select, que escolhe automaticamente o melhor modo de direção para diferentes superfícies de estrada, e do sistema Multi Terrain Monitor, que usa o display da central multimídia do carro para mostrar obstáculos que estejam ocultos para o motorista.

Com informações do Car Expert

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!