Uma das categorias de automobilismo mais interessantes é a dos protótipos. Diferente das categorias de monopostos, como a Fórmula 1 e a Fórmula Indy, ela pode ser um prenúncio de modelos que chegarão às ruas, mesmo que por preços fora da realidade para a maioria da população, como é o caso do elétrico Nio EP9, o mais rápido e caro já desenvolvido.

Hoje, a principal referência no mercado de carros elétricos é a Tesla, que frequentemente promove testes para mostrar o quanto alguns de seus veículos, como o Model S Plaid, conseguem bater outros supercarros na pista. Além disso, a montadora tem alguns dos modelos de produção mais caros do segmento, tornando os carros da Tesla grandes objetos de desejo.

publicidade

O EV mais rápido [e caro]

Um Nio EP9 na pista
O Nio EV9 ainda não pode ser comprado ou andar em estradas. Crédito: NextEV/Divulgação

Porém, hoje, nenhum carro elétrico é mais rápido ou mais caro do que o Nio EP9. Porém, infelizmente, independente de quanto se tenha na conta bancária, não é possível ir em uma concessionária de veículos e sair de lá como o feliz proprietário de uma unidade do veículo. Isso porque EP9 é uma sigla em inglês para Protótipo Elétrico 9.

Isso significa que o Nio EP9 é apenas um projeto, que tem como objetivo demonstrar todo o potencial que pode ser atingido pelos carros elétricos. Hoje, se fosse um carro de produção e tivesse cada uma de suas unidades vendidas a preço de custo, o Nio EP9 teria um valor de mercado de nada menos do que US$ 3,48 milhões (R$ 18,21 milhões).

Números impressionantes

Em testes de pista, o Nio EP9 mostrou que pode atingir 350 km/h, podendo ir de 0 km/h a 100 km/h em apenas 3,55 segundos e saindo de parado para 300 km/h em nada menos do que 15,9 segundos. O modelo é todo feito de fibra de carbono, o que faz dele extremamente leve, e suas duas baterias podem ser trocadas em apenas oito minutos, algo útil para um EV de corrida.

Leia mais:

A Nio é uma marca do grupo chinês NextEV, que é dona da equipe Nio 333 FE Team, da Fórmula E, categoria da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para monopostos elétricos. De acordo com um porta-voz da empresa, o Nio EP9 tem o objetivo de ultrapassar limites e mostrar o que pode ser feito com veículos elétricos, mas, um dia, pode sim se tornar um carro de produção.

Com informações do Netcost Security e do Electrek

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!