O ator Tarcísio Meira, de 85 anos, faleceu na manhã desta quinta-feira (12) vítima de Covid-19, em São Paulo. Ele e a esposa, a atriz Glória Menezes, de 86 anos, receberam a segunda dose da vacina em março, mas mesmo assim deram entrada no hospital Albert Einstein, na última sexta-feira (6), com complicações causadas pelo novo coronavírus.

Por que o casal, mesmo imunizado, sofreu com o SARS-CoV-2? O infectologista da Sociedade Brasileira de Infectologia, Marcelo Simão, explicou ao Olhar Digital.

publicidade

De acordo com o especialista, “todo mundo espera que após estar vacinado acabou. Infelizmente não é bem assim, nenhuma vacina é 100% eficaz”, disse, antes de acrescentar: “As vacinas que estamos utilizando têm boas performances, mas falhas podem ocorrer”.

No caso de Tarcísio Meira, Simão acredita que o ator tenha se vacinado com a CoronaVac, imunizante no qual um estudo produzido pelo pesquisador da Fiocruz Júlio Croda apontou eficácia de apenas 28% para pessoas acima de 80 anos.

Morre aos 85 o ator Tarcísio Meira, por complicações da covid-19. Imagem: Divulgação/TV Globo
Morre aos 85 o ator Tarcísio Meira, por complicações da Covid-19. Imagem: Divulgação/TV Globo

“Estudos feitos com a CoronaVac mostram uma proteção de 28% para idosos acima dos 80 anos. Muitos indivíduos podem até adoecer, porém a eficácia contra mortes chega a 70%. Infelizmente, no entanto, ela não é 100%”, lamentou Simão.

O infectologista faz parte do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 de Uberlândia, em Minas Gerais, e foi um dos responsáveis por uma pesquisa para entender como as vacinas funcionam em pessoas mais velhas.

Leia mais!

“Nosso levantamento em Uberlândia acompanhou 89 mil idosos, todos vacinados com duas doses (90% com CoronaVac e 10% com AstraZeneca), com 15 dias de diferença entre as aplicações. Apenas 146 pessoas vieram a óbito e a maioria tinha mais de 75 anos. Além disso, 93% delas apresentavam comorbidades graves, como hipertensão, diabetes, câncer, Alzheimer e cirrose. Qualquer virose poderia levá-las ao óbito”, afirmou Simão.

“Durante o levantamento, aconteceram mais de 400 óbitos de idosos que tomaram apenas uma dose. É super importante que a segunda aplicação também seja feita e dentro do prazo estipulado. Idosos estão protegidos com a vacina, mas ainda correm riscos, por isso é importante continuar se cuidando”, alertou.

Para entender melhor por que tomar a vacina não garante que você não irá pegar a doença, acesse a reportagem do Olhar Digital.

Além de Tarcísio Meira: apenas 3,7% das mortes por Covid-19 são de pessoas com duas doses da vacina

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 9.878 brasileiros que faleceram por Covid-19 no Brasil já estavam imunizados com duas doses ou com a aplicação única do imunizante da Janssen, o que representa 3,7% dos 565 mil óbitos desde o início da pandemia. Deste total, 8.734 tinham mais de 70 anos.

Segundo pesquisa das universidades estaduais USP e Unesp, o número de imunizados por completo que acabaram sendo internados ficou em aproximadamente 28.660 pessoas, sendo 23 mil acima dos 70 anos.

Relembre a carreira de Tarcísio Meira

Eterno galã da dramaturgia nacional, Tarcísio Meira é um dos artistas mais reconhecidos do país e conta com currículo de mais de 60 trabalhos na televisão, entre novelas, seriados, minisséries, teleteatros e telefilmes.

Numa longeva carreira de sucesso que começou em 1961, na extinta TV Tupi, ele também participou de 22 longas-metragens, dirigidos por cineastas como Glauber Rocha, Walter Hugo Khouri, Anselmo Duarte e Bruno Barreto, além da presença em 31 peças de teatro.

Nascido em São Paulo, no dia 5 de outubro de 1935, Tarcísio Magalhães Sobrinho optou por adotar o sobrenome da sua mãe, Meira, para a carreira artística. Isso por conta de uma superstição do ator pelo número 13: todas as letras somadas dão 13 e, na época, ele vivia no 13º andar de um prédio. Antes de se tornar um artista, pensou em seguir a carreira diplomática, mas ao reprovar na prova do Instituto Rio Branco, em 1957, trocou a carreira de servidor pela de ator.

Então, resolveu iniciar a carreira no teatro, ainda no fim dos anos 1950. A estreia na TV aconteceu em 1961, em ‘Grande Teatro Tupi’, programa de teleteatro da extinta emissora. No mesmo ano, ele atuou pela primeira vez ao lado de Glória Menezes, com quem casaria no ano seguinte, dando início a uma longeva parceria na ficção e na vida real. Em 1964, nasceu o filho do casal, o também ator Tarcísio Filho.

Conheça mais a biografia do ator Tarcísio Meira aqui.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!