A ByteDance, a dona do TikTok com faturamento de mais de R$ 170 bi em 2020, anunciou a aquisição da Pico, uma fabricante chinesa especializada em headsets de realidade virtual. Em comunicado, a companhia disse à Cnbc que está otimista sobre o futuro da RV, e o “conjunto abrangente de tecnologias de software e hardware da Pico” vão apoiar a sua entrada no segmento.

A Pico é conhecida no mercado por sua linha de headsets Neo, o modelo mais recente é o Pico Neo 3. Segundo o relatório de junho da IDC (International Data Corporation), ela é considerada a terceira maior fabricante de headsets de RV, seguida pela Oculus, subsidiária do Facebook.

publicidade

Enquanto o Neo 3, é voltado para o consumidor, a marca está lentamente expandindo o seu portfólio de produtos com o ‘Neo 3 Pro’ e o ‘Neo 3 Pro Eye’, ambos para uso profissional e com lançamento previsto na América do Norte e Europa.

Ainda não ficou claro como a aquisição influenciará nos planos da ByteDance. Por ora, o que se sabe é que a empresa tem evitado competir diretamente com a Oculus, que domina o mercado de dispositivos de realidade virtual, mas ainda não opera na China.

No entanto, com nomes como a Apple, supostamente se preparando para entrar no setor, e a Sony, que também planeja o seu próprio headset VR, a ByteDance pelo menos sinaliza que também tem interesse em estar presente nesse espaço cada vez mais competitivo.

Via: The Verge, Cnbc

Leia mais:

Facebook e Snapchat também estão na briga

Headset de realidade virtual Oculus Quest 2
Headset de realidade virtual Oculus Quest 2 anunciado em outubro de 2020 pela Oculus, marca adquirida pelo Facebook em 2014. Imagem: nikkimeel/Shutterstock

Em junho, a empresa de Mark Zuckerberg anunciou a compra da BigBox VR, a desenvolvedora do game Population: ONE. A empresa fará parte dos esforços do Facebook na sua divisão de realidade virtual e pode auxiliar a companhia a sair na frente dos concorrentes nesse mercado.

Segundo a rede social, o movimento é estratégico, permitindo à BigBox a dar continuidade no desenvolvimento do jogo, mas com o respaldo financeiro e tecnológico do Facebook.

Já a Snap, por sua vez, conhecida por ser a dona do Snapchat, anunciou em maio a aquisição da WaveOptics, especializada no fornecimento de telas para realidade aumentada. O valor da compra, segundo o The Verge, ultrapassa a casa dos US$ 500 milhões.

A compra, uma das maiores já realizadas pela Snap, deve impulsionar principalmente a divisão da empresa focada nos Spectacles, os seus óculos de realidade aumentada.

Créditos da imagem principal: Ascannio/Shutterstock

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!