Cada página que você visita na internet normalmente utiliza algum recurso de rastreio de dados como os famosos “cookies“, pequenos arquivos utilizados para lembrar as suas preferências de acesso em uma página.

No entanto, as coisas começam a ficar um pouco invasivas quando os sites usam ferramentas mais avançados, como rastreadores de anúncios e cookies de terceiros, inseridos por outras empresas como Google e Facebook.

publicidade

Eles são usados ​​para te seguir de um site a outro, criando um perfil que pode ser usado para veicular anúncios do seu interesse. Esse tipo de cookie pode rastrear até a localização do seu dispositivo.

Você deve estar se perguntando: o que posso fazer para contornar essa prática? De início, a dica é começar utilizando um navegador que já tenha bons recursos de privacidade integrados. Confira nossa lista com cinco opções abaixo.

Firefox

Durante anos, o Firefox, um navegador multiplataforma desenvolvido pela Mozilla, se estabeleceu como uma alternativa ao Google Chrome, principalmente quando o assunto é privacidade.

Além de ter o seu próprio ecossistema de complementos, extensões e personalizações, o browser tem um recurso especial: a ‘Proteção aprimorada contra rastreamento’. Essa função bloqueia rastreadores de anúncios e mídias sociais, cookies de terceiros, rastreadores de impressão digital e até os hacks de mineradores de criptomoedas.

Por padrão, essa função só é ativada em janelas privadas. Uma opção é acessar Configurações > Privacidade e Segurança e mudar para o modo “Rigoroso”, que aplica essa proteção extra para todos os sites.

Apesar da segurança reforçada, o Firefox alerta que o modo “Rigoroso” pode atrapalhar a usabilidade de alguns sites. Imagem: Captura de tela

Há também uma configuração logo abaixo que permite que o usuário escolha o que deseja bloquear. No fim, basta clicar em ‘Recarregar todas as abas’ para confirmar a sua solicitação.

Brave

O Brave bloqueou cinco rastreadores de dados na página inicial do Facebook. Imagem: Captura de tela

O Brave é um browser open source desenvolvido pela Brave Software Inc. Diferente do Firefox, o navegador bloqueia anúncios, rastreadores de sites, de anúncios e impressões digitais e cookies por padrão.

Como foi desenvolvido baseado Chromium, um projeto de navegador web de código aberto do Google, você poderá usar todas as extensões do Google Chrome nele.

Microsoft Edge

O Edge também é outra boa opção. A Microsoft fez um ótimo trabalho criando o seu próprio navegador, que assim como o Brave é baseado no Chromium.

O navegador possui um recurso de prevenção de rastreamento semelhante ao do Firefox que funciona em três níveis diferentes: Básico, Equilibrado e Estrito. A opção “Strict” bloqueia a maioria dos rastreadores de todos os sites.

Neste modo, os anúncios terão personalização mínima. Para alterar essa configuração, acesse Configurações > Privacidade, Pesquisa e Serviços > Prevenção de Rastreamento e mude para “Estrito”.

Vale ressaltar que a Microsoft também está desenvolvendo outro recurso de privacidade para o Edge, o “Modo Super Duper Secure”. A função, atualmente na fase de testes, dá um grande salto na prevenção de rastreamento ao desabilitar compiladores JavaScript usados ​​para extrair dados de páginas da web.

Leia mais:

DuckDuckGo

Imagem: DuckDuckGo/Reprodução

Se você está procurando um navegador privado para iPhone ou Android, o DuckDuckGo Privacy Browser também é uma boa opção.

É um navegador simples e rápido, que também impede que os rastreadores te sigam. Você também pode usar o mecanismo de busca privado do DuckDuckGo no seu browser no computador (veja como ele funciona aqui), o que também força os sites a usarem conexões criptografadas.

Tor

O navegador Tor funciona através de uma rede de servidores de voluntários espalhados pelo mundo. Imagem: Captura de tela

Por fim, se você realmente preza pela privacidade na internet, talvez o Tor seja a escolha certa. Se trata de um navegador de código aberto que proporciona ao usuário comunicação anônima e segura na internet. Ele redireciona todo o seu tráfego através de vários servidores diferentes executados por voluntários em todo o mundo.

Essa estratégia torna o Tor um navegador mais lento para ser usado diariamente, mas tem uma grande vantagem: esse processo de roteamento acaba com os rastreadores de anúncios e cookies de terceiros. O Tor está disponível para Windows, macOS, Linux e Android.

Créditos da imagem principal: kpatyhka/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!