A Rolls-Royce anunciou o primeiro voo de seu avião totalmente elétrico Spirit of Innovation (Espírito de Inovação). Foram 15 minutos no ar em sua viagem inaugural, que marcou o início de uma fase intensiva de testes.

avião da Rolls-Royce decolando
Divulgação/Rolls-Royce

O voo ocorreu cerca de um ano após a decolagem originalmente programada e cerca de seis meses após os testes de taxiamento, em solo. Segundo a empresa britânica, foi dado “mais um passo em direção à tentativa de recorde mundial [de velocidade] do avião [elétrico] e mais um marco na jornada da indústria da aviação em direção à descarbonização”.

publicidade

Não por nada, o fato é considerado uma grande conquista para a equipe ACCEL (abreviação para “Acelerando a Eletrificação do Voo”) da Rolls-Royce. O registro do avião elétrico da Rolls-Royce voando pelos céus ingleses pode ser conferido no vídeo abaixo:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.

Voando eletricamente

Com um poderoso trem de força de 400 kW (mais de 500 cv), a aeronave é dotada de uma bateria de 6 mil células, considerada pela empresa como a maior densidade de energia já montada para uma aeronave. A Rolls-Royce afirma que seu avião elétrico deverá atingir velocidades de mais de 480 km/h.

detalhes do motor do avião elétrico da Rolls-Royce
Divulgação/Rolls-Royce

Leia mais:

O objetivo principal por trás do Spirit of Innovation é produzir aviões e motores com emissão zero para outras fabricantes até 2050. Na fase intensiva dos testes de voo, a equipe deverá coletar dados de desempenho do sistema de propulsão e energia elétrica da aeronave.

avião na pista
Divulgação/Rolls-Royce

O projeto foi parcialmente financiado pelo Instituto de Tecnologia Aeroespacial e pelo governo do Reino Unido, com o objetivo de criar aviões de passageiros totalmente elétricos. “Não se trata apenas de quebrar um recorde mundial. A bateria avançada e tecnologia de propulsão desenvolvida para este programa tem aplicações interessantes para o mercado de mobilidade aérea urbana e pode ajudar a tornar o jato zero uma realidade”, disse o CEO da Rolls-Royce, Warren East.

aeronave da Rols-Royce junto com um carro da empresa
Divulgação/Rolls-Royce

No campo de táxi aéreo, a Rolls-Royce está desenvolvendo uma parceria com a fabricante Tecnam, buscando entregar uma aeronave de passageiros totalmente elétrica, planejada para estar pronta em 2026. A empresa também se associou à Siemens e à Airbus em um outro conceito de avião eletrônico.