Nesta segunda-feira (27), o mais recente protótipo de nave estelar orbital da SpaceX, apelidado de S20, sofreu um contratempo durante um teste de ventilação: a pressão fez com que vários blocos hexagonais de escudo térmico feitos em cerâmica estourassem violentamente.

Ladrilhos do respiradouro da espaçonave S20 saltaram durante teste de ventilação. Imagem: Nic Ansuini – Nasa SpaceFlight

“O respiradouro do tanque dirigido derrubou alguns ladrilhos”, confirmou o CEO da SpaceX, Elon Musk, em uma postagem no Twitter, respondendo a outro usuário que publicou um gif do acontecido.

publicidade

De acordo com o Teslarati, o protótipo desprendeu uma boa quantidade de ladrilhos antes que os últimos trabalhadores remanescentes tivessem limpado a área – um risco de trabalho potencialmente perigoso, visto que cada um dos ladrilhos tem o tamanho de um prato de refeição.

Leia mais:

SpaceX ainda fará mais testes com a Starship S20

Segundo a publicação, os ladrilhos de cerâmica têm um propósito crucial: proteger a espaçonave de altas temperaturas durante a reentrada na atmosfera terrestre. A nave espacial é projetada para realizar uma manobra de “barriga para baixo” para desacelerar sua descida, o que significa que grande parte de sua lateral precisa ser protegida.

As temperaturas da superfície durante a reentrada podem ficar extremamente quentes. Por exemplo, o ar que atingia os ônibus espaciais da Nasa ultrapassava 1100ºC, exigindo telhas semelhantes. Em vez de serem feitas de cerâmica, as telhas do ônibus espacial eram feitas de fibras de sílica, um isolante altamente eficaz.

Cada ladrilho hexagonal é preso ao exterior da Starship com pinos de aço inoxidável, de acordo com Musk, mas não está claro o que exatamente fez com que os ladrilhos saltassem durante o teste desta semana.

O protótipo S20 ainda tem muitos testes a serem realizados antes de seu primeiro lançamento orbital, como testes de prova criogênica e de fogo estático. Em razão das postagens de fechamento de estradas, tudo indica que os primeiros testes podem começar ainda esta semana.

É improvável que o incidente represente um grande revés para a SpaceX. Mas, a empresa terá que encontrar uma maneira de prender os ladrilhos de forma permanente e segura antes de colocar a nave em órbita.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!