A GM anunciou na quarta-feira (6) que vai introduzir um novo sistema de direção autônoma, o Ultra Cruise, para concorrer diretamente com o Full Self-Driving (FSD), da Tesla. De acordo com a montadora, o recurso poderá ser utilizado em uma área de mais de 3 milhões de quilômetros ao longo da malha rodoviária dos Estados Unidos e do Canadá.

A GM explica que as funções do Ultra Cruise serão mostradas em uma tela dinâmica que vai oferecer uma visão do carro em 360º. Entre as principais tarefas, o sistema poderá acompanhar limites de velocidade e navegação, reagir a controles de tráfego (como semáforos), evitar objetos próximos ao veículo e (como já acontece no Super Cruise, atualmente o sistema de direção autônoma mais avançado da GM), automatizar mudanças de faixa.

publicidade

“O Ultra Cruise não é apenas uma virada de jogo em termos do que permite — uma experiência de pilotagem porta-a-porta com as mãos livres —, mas também [uma virada] tecnológica”, diz Doug Parks, vice-presidente executivo de desenvolvimento de produto global da GM.

“Ele foi desenvolvido totalmente de maneira interna. E a combinação do Ultra Cruise para ofertas premium e do Super Cruise para produtos de baixo custo vai nos permitir o fornecimento de tecnologias de assistência ao motorista em diversas faixas de preços e segmentos.”

Novo sistema de direção será o primeiro a usar sensor LiDAR nos EUA

O Ultra Cruise vai utilizar no seu software uma combinação de câmeras, radares e LiDAR — no que será a primeira vez em que a tecnologia é utilizada em um veículo comercial nos EUA. É verdade que o Super Cruise já usa o LiDAR para gerar mapas, mas adotá-lo como sensor será uma novidade.

Outro recurso herdado do antecessor é a câmera de atenção ao motorista no topo da coluna do volante. Este recurso rastreia os olhos do condutor para garantir que eles estão prestando atenção na estrada à frente.

Vale ressaltar que, embora existam bons sistemas de direção autônoma no mercado, veículos 100% automatizados ainda estão engatinhando. Por enquanto, o Waymo, do Google, parece estar na frente do páreo.

Como a Tesla, o novo sistema de direção autônoma da GM vai oferecer atualizações on the air para o novo recurso. As montadoras optam por este procedimento para facilitar revisões à medida que bugs ou erros no software sejam identificados. O Ultra Cruise está reservado para modelos premium e deve estrear no próximo modelo do Cadillac, o Lyriq.

Via Autoblog

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!