Um novo estudo liderado por pesquisadores da Universidade Monash, na Austrália, mostrou que a exposição à luz natural pode ser uma arma importante na melhora do humor e na luta contra a insônia. O estudo pode ser importante para ajudar no tratamento para quem tem dificuldade para dormir.

Os dados foram obtidos por meio do Biobanco do Reino Unido, e foram examinadas 400.000 pessoas. Os pesquisadores concluíram que a falta de exposição à luz natural era um fator de risco para o aparecimento de sintomas de depressão, além de mau humor diurno e insônia noturna.

publicidade

A pesquisa foi comandada pelo estudante de graduação Angus Burns, que teve a orientação do professor Sean Cain. Os dois lideraram uma equipe internacional de pesquisa, e os resultados dos estudos foram publicados no Journal of Affective Disorders, publicação focada em distúrbios afetivos.

Luz de dia, escuro a noite

De acordo com Burns, já é sabido que devemos evitar a luz artificial durante a noite, já que isso confunde os nossos relógios biológicos. Porém, ele destaca que também é importante se expor à luz durante o dia para garantir que o nosso corpo funcione da maneira ideal.

Leia mais:

Burns declarou que quanto mais tempo as pessoas gastam ao ar livre durante o dia, menor era o número de sintomas depressivos. Além disso, pessoas que tomavam mais sol também usavam menos medicamentos antidepressivos e apresentavam um sono com menos interrupções.

O pesquisador defende que isso pode ser explicado pelo fato de a luz solar ter um impacto positivo no ciclo circadiano. Esse é o mecanismo usado pelo nosso organismo para regular como o cérebro entende que está de dia ou que já é noite.

Tomar sol para dormir melhor

Mulher na praia tomando sol
Segundo o professor Cain, o ideial é tomar sol durante o dia e evitar luzes artificial durante a noite. Crédito: CC0 Domínio Público/PXHere

Já o professor Cain, acredita que pequenos ajustes na rotina diária podem auxiliar na melhora do humor de uma pessoa, assim como na qualidade do sono e nos níveis de energia. Segundo ele, o modo que vivemos hoje, com grande exposição a luzes artificiais, como as telas, pode ser prejudicial.

“Meu conselho geral para todos é simples: Quando o sol está alto, pegue o máximo de luz que puder, mas depois que ele se põe, mantenha-se no escuro. Seu corpo vai agradecer”, declarou o pesquisador.

Via: Medical Xpress

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!