A americana GoEV Corp., sediada em Los Angeles, trabalha com e-bikes desde de 2017 e agora está apresentando a Airover, um modelo elétrico que pretende ser ideal para todos os tipos de ciclistas. Após lançar linhas que vão desde enduro a city, a empresa projetou a bicicleta para ser manuseada inclusive por idosos e pessoas com funcionalidade limitada do sistema musculoesquelético.

Duas e-bikes modelo Airover
Divulgação/GoEV Corp.

Segundo a GoEV, a Airover possui um design capaz de ser personalizado, para se adequar ao crescimento, forma e capacidades físicas específicas do usuário. Este modelo versátil de bicicleta elétrica suporta cargas de até 150 quilos.

publicidade

Seu quadro feito em fibra de carbono é muito leve, pesando apenas 2 quilos, o que também ajuda no manuseio e na distância de frenagem. Ainda sobre o material da estrutura da bicicleta, ele não possui soldas e é 100% resistente à corrosão.

Velocidade controlada

Capaz de atingir até 45 km/h, a e-bike possui modos de condução predefinidos (bicicleta, dirigir com um pedal assist ou totalmente elétrico). A Airover permite ao usuário limitar a velocidade máxima quando necessário (por exemplo, para se adequar a leis de trânsito locais).

Uma bibicleta elétrica Airover no gramado
Divulgação/GoEV Corp.

Seu motor é de 750 W e sua bateria é removível, podendo ser carregada em uma tomada normal. Para um ciclo completo de carga, a bateria precisa ficar carregando de 4 a 5 horas. Se quiser, o ciclista pode comprar uma bateria de reposição/sobressalente e aumentar a capacidade da bicicleta.

A Airover possui uma alavanca de câmbio Shimano e freios hidráulicos com discos ventilados. Já no básico, se necessário, é possível atualizar o sistema de freios com quaisquer outros componentes de escolha do ciclista.

Seus pneus são gordos para, de acordo com a GoEV, melhorar o conforto na condução. Dotada de amortecedores dianteiros, suas opções em rodas são de 20 polegadas e de 26 polegadas.

Detalhe dos pneus grossos da e-bike
Divulgação/GoEV Corp.

Com relação ao computador de bordo, a Airover traz um display integrado que permite ao ciclista monitorar estatísticas do trajeto, como velocidade, porcentagem de bateria e distância percorrida. Na parte de segurança, a e-bike oferece recursos como faróis brilhantes, luzes de freio traseiras e sinal sonoro.

A GoEV afirma que seu objetivo é oferecer um modelo versátil para pessoas com diferentes necessidades, que vão desde simples andar de bicicleta a idas ao trabalho ou práticas esportivas para uma vida saudável. Além disso, a Airover pode ser uma boa opção para pessoas com problemas nas costas ou que estejam com os joelhos doloridos.

Sem se preocupar em reciclar

Segundo a empresa, a e-bike possui uma longa duração, por conta da fibra de carbono resiliente e altamente resistente à umidade, o que favorece a sustentabilidade. Todavia, a GoEV oferece serviço vitalício com acesso a peças sobressalentes e acessórios adicionais durante todo o ciclo de vida da bicicleta. Incluindo um programa de reciclagem onde a empresa troca o modelo por um novo ou leva a e-bike usada para a reciclagem.

Na cor dark space (preto escuro, para simplificar), a Airover é fruto de uma campanha de crowdfunding no Indiegogo. Sua meta é de US$ 5 mil (um pouco mais de R$ 27 mil) e, para usuários da plataforma, a bicicleta sairá por US$ 2.699 (R$ 14.771 em conversão direta hoje, sem considerar diferenças de impostos ou taxas).

Na campanha, é registrado que as entregas são para todo o mundo. Para o mercado geral, o valor de venda inicial está sendo anunciado como US$ 3.999 (R$ 21.886) e, se tudo correr bem, a GoEV deverá iniciar as entregas da Airover já em fevereiro de 2022.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.