A Pfizer está realizando testes clínicos com seu remédio contra a Covid-19 no Brasil. O antiviral da classe dos inibidores de protease usa a molécula PF-07321332. Os testes de fase 1 e 2 devem ocorrer em mais de 20 centros de pesquisa espalhados em 12 estados do país.

Para participar é preciso ter mais de 18 anos. O tratamento é composto por duas doses diárias do medicamento, que é administrado via oral, associado ao ritonavir (usado para aumentar o nível da droga ativa) por cinco dias seguidos.

publicidade

Remédio da Pfizer contra a Covid-19

Os voluntários vão ser observados por 24 semanas. O estudo prevê três visitas presenciais no primeiro mês e o restante por telefone. Os estados que estão fazendo parte da pesquisa são: Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo.

O remédio contra a Covid-19 da Pfizer já foi aprovado nos testes de fase 1, o que significa que ele é tolerável em humanos e seguro para mais pesquisas. É essa liberação que vai permitir a realização dos estudos de fases 2 e 3, que contam com voluntários humanos.

Leia mais:

Agora, a farmacêutica realiza três estudos: pivotais, randomizados, duplo-cego e controlados por placebo. Com isso, participam da pesquisa pacientes vacinados, não vacinados, com diagnóstico ou suspeita de Covid-19, baixo risco de desenvolver a doença e alto risco de desenvolver a doença.

Apenas após a aprovação dos testes é que o remédio vai poder ser usado no tratamento de pacientes com Covid-19. Além disso, as pesquisas devem indicar o momento em que o medicamento deve ser usado e a dosagem.

Via Agência Brasil

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!