Alguns países da Europa estão registrando um aumento de casos de Covid-19. A Alemanha teve o maior número de infecções diárias desde o começo da pandemia. Nesta quinta-feira (4) a Organização Mundial da Saúde (OMS) disse ver com “grande preocupação” o crescimento dos casos no continente.

O diretor da OMS para a Europa, Hans Kluge, disse em coletiva que “estamos, mais uma vez, no epicentro”. Ele ainda destaca que com o ritmo atual podemos ter “outro meio milhão de mortes de Covid-19” em fevereiro.

publicidade

A Alemanha registrou recentemente mais de 34 mil casos de Covid-19 em 24 horas, recorde desde o começo da pandemia. O país diz que a maior parte dessas infecções são entre não vacinados. “Corona está mais uma vez furioso com força total, a quarta onda está nos atingindo com força”, disse o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn.

Alemanha contra a Covid-19

A OMS ainda explicou que na Europa, as taxas de internação hospitalar foram maiores em países onde menos pessoas foram vacinadas contra a Covid-19. O órgão também destaca que o relaxamento das medidas de contenção estão contribuindo para o aumento de casos.

Leia mais:

Países com taxas de vacinação mais baixas sofrem ainda mais. A Letônia adotou uma política mais extrema e voltou com o toque de recolher e as aulas online. As mortes na Rússia estão em níveis recordes e o governo pode decretar lockdown em breve. Caso parecido com a Romênia, que está em leitos de UTI disponíveis.

Apesar de a Alemanha ter vacinas amplamente disponíveis para todos, apenas cerca de 66% da população tomou o imunizante contra a Covid-19. As autoridades de saúde local estão agora pedindo medidas mais rígidas para controlar o avanço da doença.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!