Já pensou que o horário em que você vai dormir pode interferir em possíveis doenças cardíacas? Segundo uma pesquisa, não apenas a duração, mas o horário do sono também é importante para a nossa saúde.

A equipe responsável pelo estudo é da UK Biobank e analisou dados de 88 mil voluntários para entender a ligação entre o nosso relógio biológico e o risco de infarto e acidente vascular cerebral (AVC). O resultado indica que o melhor horário para dormir e evitar doenças cardíacas é entre às 22h e às 23h.

publicidade

Os cientistas analisaram o sono dos voluntários durante uma semana e mediram ainda o período que o grupo ficou acordado através de um medidor semelhante a um relógio de pulso. Após a coleta de dados, durante seis anos essas pessoas foram analisadas.

Horário de dormir e doenças cardíacas

Entre todos os participantes, cerca de 3 mil adultos tiveram doenças cardíacas nos anos seguintes após a análise do horário em que eles iam dormir. Apesar de o estudo não conseguir concluir que a causa dos problemas seja o sono, é possível verificar uma tendência.

Leia também!

“Embora não possamos concluir a causalidade de nosso estudo, os resultados sugerem que o relógio biológico pode ser afetado dependendo da hora em que vamos dormir, com consequências adversas para a saúde cardiovascular”, disse David Plans, autor da pesquisa, para a BBC.

Sobre o pior horário para ir para a cama, os pesquisadores enfatizam que, após a meia-noite, é o período mais arriscado. “O horário mais arriscado é depois da meia-noite, potencialmente porque pode reduzir a probabilidade de ver a luz da manhã, o que zera o relógio biológico”, completa.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!