A Spacex adiou o lançamento de 53 satélites da Starlink, seu serviço de banda larga via satélite, devido ao tempo nublado desta manhã. Originalmente, um foguete Falcon 9 da empresa subiria à baixa órbita da Terra às 9h41 (horário de Brasília), saído da Estação da Força Espacial dos EUA em Cabo Canaveral, na Flórida.

Os satélites correspondem a uma versão “híbrida” entre a primeira e segunda gerações do sistema de via satélite da SpaceX. A “Starlink v1.5”, como vem sendo chamada, conta com uma tecnologia de transmissão de dados a laser, teoricamente capaz de reduzir a latência das conexões de seus usuários.

publicidade

Leia também

O adiamento pelo mau tempo, contudo, não será longo para a Starlink: segundo disse a própria empresa no Twitter, há 80% de chances de tempo bom neste sábado (13), então o lançamento está marcado para as 9h19 (novamente, horário de Brasília).

Este será o segundo lançamento feito pela SpaceX nesta semana. Na quarta-feira (10) a empresa lançou um Falcon 9 com uma cápsula Crew Dragon, levando quatro astronautas da agência espacial norte-americana (Nasa) e um da agência espacial europeia (ESA) para a Estação Espacial Internacional (ISS), na missão Crew-3.

O foguete Falcon 9 a ser usado no lançamento deste sábado é um veterano da companhia de Elon Musk: o modelo B1062 já voou noutras três missões – duas para entrega de versões aprimoradas de satélites GPS III a serviço do governo americano, bem como na missão privada Inspiration4, que levou um grupo de civis ao espaço em uma ação para levantar fundos para um hospital de pesquisa do câncer ósseo em crianças.

Paralelamente, a empresa aproveitou o dia de hoje para se manter ocupada, executando – sem muito aviso – o primeiro teste de disparo estático da nave orbital Starship SN20.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!