A SpaceX realizou na tarde desta sexta-feira (12) o primeiro teste de disparo estático de todos os seis propulsores Raptor do primeiro protótipo de uma Starship com capacidade orbital, conhecido como SN20. O teste, que envolve o acionamento dos propulsores com a espaçonave presa ao solo, durou pouco mais de dois segundos, e foi capturado em vídeo pelo site NasaSpaceFlight.

O protótipo é equipado com três propulsores Raptor para uso na atmosfera, e três projetados para uso no vácuo do espaço, conhecidos como ‘RVac’. Via Twitter, Elon Musk, CEO da SpaceX, comentou “Bom disparo estático com todos os seis propulsores!”

publicidade

O teste já era esperado. Recentemente a base da SpaceX em Boca Chica, no Texas, apelidada de Starbase, começou a receber grandes quantidades de combustível para abastecer os tanques que serão usados para alimentar a espaçonave nos testes. Os propulsores da Starship são alimentados por uma forma de querosene conhecida como RP-1 e oxigênio líquido, conhecida como “Kerolox”.

Embora outros protótipos da Starship já tenham voado anteriormente, o SN20 será o primeiro com capacidade para entrar em órbita da Terra. A SpaceX pretende realizar seu primeiro voo de teste ainda neste ano, a depender de autorização das agências reguladoras nos EUA.

Leia mais:

O plano de voo é ambicioso, com decolagem da Starbase, no Texas, e pouso em um local próximo ao Havaí, no meio do Oceano Pacífico. Ou seja, além de demonstrar a capacidade orbital em si, o teste serviria também para demonstrar a capacidade de viagem rápida entre dois pontos da Terra, percorrendo em 90 minutos uma distância que, com um avião comercial, levaria mais de sete horas. Algo que pode ser muito atraente para a aviação comercial.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!