A tripulação da missão Crew-3, que após vários adiamentos finalmente partiu rumo à Estação Espacial Internacional na noite desta quarta-feira (10), fez um vídeo enquanto estava em órbita da Terra, mostrando um pouquinho de como é uma viagem a bordo de uma cápsula Crew Dragon.

A astronauta Kayla Barron aproveitou a oportunidade para demonstrar o “indicador de gravidade zero” usado pela tripulação. Trata-se de uma simpática tartaruga de pelúcia, com o casco cheio de lantejoulas e um capacete de astronauta, chamada “Pfau”. O nome significa “Pavão” em alemão, língua materna de Matthias Maurer, um dos quatro tripulantes da missão.

publicidade

A tartaruga foi escolhida como mascote pois tanto Barron quanto Raja Chari, comandante da missão, pertencem à 22ª turma de astronautas da Nasa, apelidada de “tartarugas”, que se formou em 2017. Já o terceiro astronauta norte-americano na equipe, Thomas Marshburn, se formou na turma de 2004, conhecida como “Pavões”. Portanto, o nome tem a contribuição de cada um dos tripulantes da Crew-3.

O “indicador de gravidade zero” é um pequeno item, geralmente um animal de pelúcia, que fica solto na cápsula durante o lançamento. Quando a espaçonave atinge determinada altitude o item começa a flutuar, desta forma “indicando” aos astronautas que eles já estão em “gravidade zero”. Em missões passadas os indicadores foram um dinossauro de pelúcia chamado “Tremor”, na Demo-2, e uma pelúcia de Grogu, o “baby yoda“, na missão Crew-1.

Leia mais:

A Crew-3 é composta principalmente por astronautas novatos. Os astronautas norte-americanos Raja Chari, e Kayla Barron, ambos da Nasa, e o alemão Matthias Maurer, da ESA, estão realizando sua primeira missão ao espaço. O único membro experiente é o também norte-americano Thomas Marshburn, que já visitou a ISS duas vezes: uma a bordo do ônibus espacial Endeavour durante a missão STS-127, em 2009, e outra viajando em uma cápsula russa Soyuz durante a Expedição 34/35, em 2012.

Astronautas da missão Crew-3 em ensaio para lançamento da missão
Os astronautas do SpaceX Crew-3 da NASA participam de um ensaio geral de contagem regressiva no Kennedy Space Center da agência, na Flórida, em 28 de outubro de 2021, para se preparar para o próximo lançamento do Crew-3. Os astronautas estão na plataforma de lançamento 39A com o Falcon 9 e o Crew Dragon atrás deles durante o ensaio. Crédito da foto: SpaceX

A duração da missão Crew-3 é de seis meses, com retorno estimado para abril de 2022, quando a tripulação será substituída pelos membros da Crew-4: os norte-americanos Kjell Lindgren e Robert Hines, da Nasa, a italiana Samantha Cristoforetti, da ESA, e um quarto tripulante ainda não anunciado.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!