Alec Baldwin afirmou não ter puxado o gatilho da arma que matou a diretora de fotografia, Halyna Hutchins, no set de filmagem de ‘Rust’. Naquele momento, o ator segurava a arma que feriu também o diretor Joel Souza. Ele falou sobre o incidente em uma entrevista com o jornalista George Stephanopoulos. 

O especial ainda não foi ao ar, porém, o comercial já revelou o que podemos esperar das cenas com o ator, tanto que em uma ele responde à indagação de Stephanopoulos de que o tiro não estava no roteiro. “Não estava no roteiro, para o gatilho ser puxado”, disse Alec Baldwin.

publicidade

Além disso, o ator responde que o gatilho não chegou a ser puxado: “eu não puxei o gatilho” e complementa que “nunca apontaria uma arma para alguém e puxaria o gatilho. Nunca”. 

De acordo com o xerife Adan Mendoza, um “projétil de chumbo” foi recuperado do ombro do diretor de ‘Rust’, aparentemente, da mesma bala que matou Hutchins. Para a investigação realizada, o cartucho da arma utilizada por Baldwin contava tanto com balas vivas, como mortas. Ou seja, parte da munição ainda era utilizável para o disparo.

O primeiro assistente de direção, Dave Halls, admitiu que não verificou todas as munições da arma. Isso significa, srgundo o LA Times, que Halls quebrou os protocolos de segurança ao não verificar antes de entregar a arma para Alec Baldwin.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!