As ações do banco digital Nubank fecharam o primeiro dia de pregão na Bolsa de Nova York (NYSE) em alta de 14,78%, com os papéis da empresa sendo negociados a US$ 10,33 — ligeiramente acima do valor inicial projetado, que era de US$ 9 cada.

Como noticiado na quinta (9) no Olhar Digital, a oferta inicial da empresa (IPO), já considerada a maior do Brasil, fez com que o valor de mercado do banco digital saltasse. No fim do dia, a capitalização da fintech chegou a marca de US$ 52 bilhões.

publicidade
Ações do Nubank disparam na estreia em Nova York
Com IPO, o banco digital Nubank se tornou a instituição financeira mais valiosa da América Latina. Imagem: Diego Thomazini/iStock

Na cotação atual, essa quantia equivale a cerca de R$ 291,5 bilhões. O que mantém o Nubank com folga no posto de banco mais valioso da América Latina, acima do Itaú Unibanco — que, até ontem, era o primeiro colocado nesse ranking, avaliado em US$ 37,9 bilhões (R$ 213 bilhões).

Leia mais:

Ações chegaram a bater alta de 25%

O primeiro feedback do mercado sobre o IPO foi divulgado na tarde de ontem, período em que as ações do Nubank (NU) chegaram a alcançar alta de 25% (US$ 11,25). Já na B3, aqui no Brasil, os BDRs (NUBR33), que funcionam como recibos dos papéis do banco digital listados em Nova York, fecharam em alta de 20,10% (R$ 10,04).

Com a abertura de capital, a fintech brasileira captou US$ 2,6 bilhões e planeja usar os recursos para reforçar o caixa e focar em novas aquisições para 2022.

Com informações do Exame.

Imagem principal: Alison Nunes Calazans/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!