Coronavírus

Covid-19: Estados Unidos bate recorde e tem mais de 1 milhão de casos em um dia

04/01/22 13h49
Teste PCR contra Covid-19 sendo aplicado em indivíduo

Drazen Zigic/Shutterstock

Pela primeira vez desde o início da pandemia, os Estados Unidos registraram mais de um milhão de casos de Covid-19 em um único dia. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, foram registrados mais de 1,9 milhão de casos ao redor do país, o que é o dobro do recorde anterior, de cerca de 590 mil casos.

De acordo com autoridades de saúde dos Estados Unidos, atualmente, 103 mil pessoas estão internadas com Covid-19, este número é o maior nos últimos quatro meses. Entre os infectados e hospitalizados, estão principalmente pessoas que não se vacinaram.

Não vacinados são maioria

Maior parte dos hospitalizados são pessoas que não se vacinaram contra a Covid-19. Crédito: faboi/Shutterstock

Segundo dados do Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC), até novembro de 2021, as taxas de hospitalizações de pessoas não vacinadas eram oito vezes maiores para adultos. Entre crianças e adolescentes entre 12 e 17 anos, o cenário era ainda pior, com taxas em torno de dez vezes maiores.

Leia mais:

O cenário, inclusive, pode ser ainda pior, e o número de pessoas infectadas pela Covid-19 pode ser ainda maior do que o registrado. Isso acontece porque um tipo de teste que é enviado pelo correio, e não tem os resultados registrados pelas autoridades de saúde, está se tornando cada vez mais popular.

Possível supernotificação

Porém, também é possível que haja uma supernotificação de casos em decorrência de registros que ficaram represados durante o réveillon e o primeiro fim de semana do ano. Como a última segunda-feira (3) foi o primeiro dia útil do ano, as notificações acumuladas foram divulgadas nesta data.

O aumento do número de casos e de internações nos EUA tem sido impulsionado pelo avanço da variante ômicron da Covid-19 no país. Mesmo que a nova cepa não contribua para o desenvolvimento de casos graves, ela se mostra mais transmissível, o que deve aumentar ainda mais a demanda dos hospitais.

Via: O Globo

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags