Durante sua exposição na CES 2022, que acontece nesta semana em Las Vegas, nos EUA, a Samsung lançou seu primeiro controlador doméstico autônomo – o Samsung Home Hub, uma central de funções para casa inteligente.

O Samsung Home Hub foi projetado para ser um dispositivo central para controlar e monitorar os aparelhos de casa por meio de um simples toque no display, utilizando a plataforma SmartThings™: o aplicativo Samsung que integra o conceito de IoT (Internet das Coisas), garantindo conectividade e controle remoto dos aparelhos inteligentes Samsung do local. O app SmartThings™ está disponível para Android e iOS.

publicidade
Anunciado na CES 2022, o Samsung Home Hub é a primeira central de funções para casa inteligente da marca. Imagem: Samsung

Embora haja poucos detalhes sobre o novo dispositivo, além de que ele será lançado no primeiro semestre de 2022 somente na Coreia, há quem diga que seja algo que supere os dispositivos semelhantes da Apple, Amazon ou Google.

Segundo a jornalista do The Verge Jennifer Pattison Tuohy, especializada em Smart Home (Casa Inteligente), a transição do controle de casa inteligente do smartphone para os comandos de voz não tem sido perfeita. “Há muitas vezes em que é mais fácil tocar em uma tela para acender as luzes ou trancar a porta do que levantar a voz, e uma interface simples e facilmente acessível para fazer isso é algo que uma casa inteligente ainda precisa”.

Samsung Home Hub oferece praticidade e facilidade de transporte

Tuohy acredita que as telas inteligentes do Google e da Amazon não apresentam um painel eficiente para esse tipo de controle. Em vez disso, exigem várias etapas e toques para chegar ao que o consumidor precisa. Para ela, esses dispositivos também falham na tentativa de acumular muitas funções e não conseguem executar adequadamente nenhuma delas.

Vantagens notáveis no Samsung Home Hub são seu tamanho, sua orientação e sua potencial portabilidade. Uma tela vertical é realmente mais útil para um painel doméstico inteligente do que um display horizontal, pois o usuário pode organizar mais ícones dessa forma e, idealmente, ter acesso rápido a mais controles. 

Leia mais:

O suporte para o Samsung Home Hub parece que também pode segurar a tela horizontalmente se o consumidor preferir, e tudo parece fácil o suficiente para pegar e mover-se para outro ambiente, quando necessário.

“Usei a geladeira inteligente Samsung Family Hub, e a interface do Home Hub é semelhante”, disse Tuohy. “Há uma tela inicial com seus dispositivos favoritos e atalhos para telas para acessar serviços como SmartThings Cooking, uma página onde você encontrará os serviços conectados da Samsung — como cozinhar, cuidar de roupas, energia, pet e ar — ,  e uma guia de automação, entre outras”.

Falando nos serviços conectados da Samsung, o SmartThings Energy Service, que monitora o uso de energia de todos os dispositivos conectados compatíveis e recomenda maneiras de economizar energia com base em padrões de uso, está sendo expandido para incluir mais produtos e serviços. 

A Samsung também anunciou parcerias no início deste ano que permitem o monitoramento em tempo real do consumo de energia na casa inteira, pelo app SmartThings. Esse tipo de integração deve permitir que os proprietários configurem automações com base em custos de energia ou eventos sob demanda.

Durante sua apresentação na CES 2022, a Samsung também anunciou que é membro fundador da Home Connectivity Alliance (HCA). Lançada em setembro de 2021, a meta principal da HCA é criar “nuvem para interoperabilidade entre marcas”, de acordo com o site da Samsung, que afirmou que a aliança ajudará a “garantir que ter dispositivos de várias marcas não exija que você comprometa sua experiência em casa inteligente”.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!