2022 parece não ter começado muito bem para o rover Perseverance, que vem trabalhando na exploração de Marte desde fevereiro do ano passado. Segundo a Nasa, depois de conseguir sua sexta coleta de rochas marcianas no fim de dezembro, o robô está com um problema: pequenos grãos de areia e pedregulhos estão obstruindo seu sistema de coleta de amostras.

Felizmente, de acordo com a agência espacial norte-americana, o robô deu seu jeito. “O rover fez o que foi projetado para fazer – parando o procedimento do frasco e chamando para a equipe em Terra para obter instruções”, revelou Louise Jandura, engenheira-chefe de amostragens no Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, em um comunicado da agência.

Leia mais:

Entenda o que aconteceu com o rover Perseverance

Segundo Jandura, os sensores começaram a registrar resistência muito antes do esperado devido aos detritos adicionais. “Os projetistas do carrossel bit consideraram a capacidade de continuar operando com sucesso com detritos”, escreveu. “No entanto, esta é a primeira vez que estamos fazendo uma remoção de detritos e queremos tomar o tempo necessário para garantir que essas pedras saiam de forma controlada e ordenada”.

Sistema de coleta de amostras do rover Perseverance foi obstruído. Imagem: Merlin74 – Shutterstock

O carrossel bit é um mecanismo no fundo do sistema de coleta de amostras do rover, que ajuda a armazenar as várias amostras colhidas. Agora, os engenheiros têm a difícil tarefa de desentupir o sistema de coleta. E isso se torna ainda mais difícil com a latência mais longa do que o habitual causada por “sóis restritos”, ou seja, dias em que Marte e a Terra ficam fora de sincronia e que dificultam as transferências de dados.

No entanto, a equipe do JPL está confiante de que o rover “perseverará” – com o perdão do trocadilho – e sobreviverá à indigestão. “Esta não é a primeira areia que Marte joga em nós – apenas a mais recente”, disse Jandura. “Uma coisa que descobrimos é que quando o desafio de engenharia está a centenas de milhões de quilômetros de distância (Marte está atualmente a 215 milhões de km da Terra), vale a pena tomar seu tempo e ser minucioso”.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!