Ciência e Espaço

Taikonautas fazem teste de acoplamento manual de nave de carga na estação espacial da China

Por Flavia Correia, editado por André Lucena
14/01/22 12h06, atualizada em 14/01/22 12h17

Ilustração artística da estação espacial de Tiangong completa da China na órbita da Terra. A estação está prevista para ser concluída até o final de 2022. Imagem: Adrian Mann/All About Space magazine/Future Plc

Na última semana, os astronautas da missão Shenzhou 13 realizaram um teste manual de encontro e atracação para testar procedimentos de emergência para naves espaciais que se acoplam à Tiangong, a estação espacial da China.

O teste complexo envolveu desencaixar a nave de carga Tianzhou 2 do módulo central da estação, chamado Tianhe. Também conhecidos como taikonautas, os tripulantes a bordo de Tianhe teleoperaram Tianzhou 2, guiando o cargueiro de volta para o módulo central e completando o procedimento de reacoplamento.

Uma visão da nave de carga Tianzhou 2 se aproximando do centro de atracação do módulo Tianhe. Imagem: CCTV

Com cerca de duas horas de duração, o teste foi concluído às 20:55 da última sexta-feira (7), pelo horário de Brasília. “Os astronautas do módulo central [Tianhe] enviam instruções de controle para separar a nave de carga Tianzhou-2 e o módulo central, e então um dos astronautas controlou manualmente a localização e a posição de toda a nave de carga para recuar a uma certa distância para a frente, e acoplá-la novamente até que o bloqueio estivesse concluído”, explicou à CCTV, principal rede de televisão chinesa, o designer geral do sistema Tianzhou da Academia de Tecnologia Espacial da China (CAST), Yang Sheng.

Leia mais:

Construção da estação espacial da China começou em 2021

Segundo Sheng, o procedimento manual de acoplamento é o plano de backup de emergência para acoplamentos de módulos para a continuação da construção em órbita da estação espacial. As naves espaciais visitantes são projetadas para realizar o encontro e o acoplamento de forma automática.

Recentemente, a tripulação também testou o uso do grande braço robótico de Tianhe para transposicionar naves espaciais de um porto de atracação para outro.

A China iniciou a construção de sua estação espacial em abril de 2021 com o lançamento do módulo central Tianhe. Dois novos módulos dedicados a experimentos estão previstos para serem lançados ainda este ano.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags