A Grex Automotive, sediada na Espanha, vem trabalhando em uma versão própria GT do esportivo Sagaris, lançado pela britânica TVR em 2005. Baseado no modelo T350 da marca, o veículo foi projetado na época tendo as corridas de resistência em mente.

Com uma carroceria dotada de várias saídas de ar, aberturas de admissão e outros recursos, o Sagaris nasceu voltado para enfrentar longos períodos de tempo em pistas de corrida. Tudo sem modificações necessárias para resfriamento e ventilação.

publicidade

O design é bem próximo do original, com atualizações discretas mantendo a parte mais vistosa: o spoiler transparente de policarbonato – material usado em lentes de óculos. Foi controverso na época, mas é bastante distinto.

Esportivo na cor azul de frente
Imagem: Divulgação/Grex Automotive

Agora, a Grex Automotive está oferecendo o modelo coupé baseado em uma estrutura tubular de aço com rigidez 50% maior do que o design original. Suas dimensões contam com comprimento de 4.057 mm, largura de 1.770 mm e altura de 1.175 mm, pesando ao todo cerca de 1 tonelada.

Motor de Camaro do Sagaris

Em vez de ser alimentado por um motor de 6 cilindros em linha de 3,6 litros, com 4,0 litros ou 4,2 litros, o Sagaris GT emprega um motor V8 de 6,2 litros com 532 cv, uma competência na linha de um Chevrolet Camaro médio. Um manual de seis velocidades Tremec direciona a força para um diferencial de deslizamento limitado no eixo traseiro.

Já sua suspensão é composta por braços duplos independentes totalmente ajustáveis, ​​com molas ​​e amortecedores desenvolvidos especificamente para este carro. Sua frenagem é realizada a partir de um conjunto de pinças de alumínio de quatro pistões que atuam sobre os rotores dianteiros de 12,7 polegadas e os discos traseiros de 11,7 polegadas.

Veículo esportivo Sagaris de lado
Imagem: Divulgação/Grex Automotive

O esportivo conta com um sistema de direção hidráulica variável. Enquanto isso, pneus 255/35 na frente e pneus 265/35 na traseira são montados em rodas de liga leve Spider de 18 polegadas. Em desempenho, a Grex Automotive diz que o Sagaris GT alcança mais de 300km/h de velocidade máxima e realiza em menos de 4 segundos um disparo de 0 a 100 km/h.

No interior, há uso de couro e material sintético à base de microfibras de poliéster que remete a camurça, além de pedais de alumínio. Medidores específicos e uma janela traseira totalmente aberta são outros destaques de um novo Sagaris que terá apenas 10 unidades sendo fabricadas por ano, a preços que começam nos € 120 mil. Em valores convertidos de forma direta, temos algo acima dos R$ 633 mil.

Leia também:

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!