O Twitter (atual X), anunciou novo programa chamado”Not a Bot” (Não é um Bot), que tem como objetivo combater a presença de robôs e reduzir a quantidade de spam e manipulação na plataforma.

Como parte desse programa, a empresa está testando pagamento de taxa anual de US$ 1 (cerca de R$ 5) para a criação de novas contas nas Filipinas e na Nova Zelândia. Os novos usuários só poderão postar e interagir com outras publicações após o pagamento desse valor. No entanto, as contas antigas não serão afetadas por essa medida.

Leia mais:

X/Twitter pago anualmente

  • Segundo a empresa, a iniciativa foi desenvolvida “para fortalecer os esforços já bem-sucedidos do Twitter em combater o spam e a atividade de robôs, ao mesmo tempo em que mantém a acessibilidade da plataforma por meio de taxa relativamente baixa para novos usuários”;
  • A conta de Suporte do Twitter justificou ainda que essa medida visa evitar a manipulação da plataforma e “criar ambiente mais autêntico para os usuários”.

É importante ressaltar que o Twitter negou que a cobrança da taxa tenha como objetivo gerar lucros para a empresa, conforme o g1.

publicidade

Em vez disso, o foco principal está na segurança e integridade da rede social, permitindo que os usuários interajam de modo mais genuíno.

O programa Not a Bot foi lançado inicialmente na Nova Zelândia e nas Filipinas e ainda não há informações sobre a expansão do teste para outros países.

Twitter toma multa milionária por falta de transparência na Austrália

O governo da Austrália cobrou uma multa de 610,5 mil dólares australianos (aproximadamente R$ 2 milhões) do X (antigo Twitter) por não responder a todas as perguntas sobre como lida com imagens de abuso infantil, conforme revelado pelo jornal New York Times neste domingo (15).

Leia a matéria completa aqui